Destaque »

CIMTB: Avancini vence pela 5ª vez em Araxá

20 de Abril de 2018 – 1:49 |

Henrique Avancini e Chloe Woodruff  foram os mais rápidos na somatória de tempo. Decisão aconteceu na tarde de domingo (15).
Com a mão aberta em alusão as 5 vitórias Avancini soltou o grito de vitoria com muita …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Cultura

Grupo Fratelo de Araxá apresenta Paixão de Cristo no dia 30 de março, no Teatro Municipal

O Grupo de Teatro Fratelo, que há quase 20 anos realiza na Semana Santa apresentações teatrais da vida de Jesus em Araxá, vai promover por mais um ano, ao público da cidade, em sessão única no Teatro Municipal, o espetáculo “Paixão de Cristo – Um cordel no sertão”. A montagem poderá ser conferida no dia 30 de março, às 16h30, com entrada franca. Segundo o diretor do Grupo Fratelo, Josceleno Donizete, a peça foi montada especialmente para compor a programação da Páscoa Iluminada 2018.

“Essa peça vem sendo trabalhada na Páscoa Iluminada todas as quintas-feiras, desde 05 de março até 05 de abril. Mas, como tradicionalmente nós realizamos a Paixão de Cristo na Semana Santa de Araxá, mesmo que em 2018 não tenhamos Projeto de Lei de Incentivo, com nenhum patrocínio específico, o Fratelo decidiu realizar essa sessão única para o público da cidade, que talvez não tenha condições de ir ao Teatro do Grande Hotel do Barreiro e que espera todos os anos para assistir”, explica.

A montagem “Paixão de Cristo – Um cordel no sertão” apresenta a história de Jesus, desde o seu nascimento, passando vida pública, morte e ressurreição, de uma forma bem brasileira. Com inspiração na literatura de Cordel, em versos e rimas, a mais famosa história do mundo ganha ares mais leves, com toques de humor, sotaque nordestino e músicas parodiadas no ritmo do Baião.

A adaptação do Grupo Fratelo nesse estilo é trabalhada desde o ano de 2015 e na edição de 2018, recebeu uma reformulação e é totalmente contada em versos. “É uma forma que encontramos de contar a vida de um Jesus bem mais próximo da gente. Mostramos na montagem um Jesus mais humano, que brinca, dança e está perto de todos. A ideia surgiu em reuniões do Grupo e com a colaboração de cada um, o texto, as músicas e cenários foram concebidos e nos ajudam a ilustrar toda a peça”, destaca Josceleno.

A sessão única da montagem deve ser apresentada no palco externo no Teatro Municipal, dando assim mais amplitude ao público que quiser conferir a peça. Caso haja chuva ou possibilidade de tempestades no dia da apresentação, ela será transferida para o palco interno, ficando assim, o público restrito a capacidade do Teatro Municipal, que é de 300 lugares. Não haverá retirada de ingressos. Entrada vai ser por ordem de chegada, caso a apresentação seja feita na parte interna do Teatro Municipal.