Destaque »

AIA e Postos Alpa lançam Parceria Solidária em prol da Quimioterapia da Santa Casa

12 de novembro de 2019 – 11:24 |

 
A Associação da Imprensa Araxaense (AIA) e a rede de Postos Alpa estão realizando uma Parceria Solidária. A campanha vai beneficiar o Centro de Quimioterapia São Francisco de Assis, que funciona na Santa Casa …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Cultura

Projeto Tambores Africanos se apresenta na Expoaraxá

No último domingo, 22, o Projeto Tambores Africanos se apresentou durante a Expoaraxá, o projeto recebe esse nome, pois os instrumentos produzidos pelas crianças são de origem africana. O objetivo principal deste movimento é disseminação de cultura e acesso à arte musical, por meio da inserção de adolescentes e jovens, proporcionando além do entretenimento, contato com elementos cujo acesso é limitado, o projeto é cultural, com resultado social. O projeto conta com 20 crianças de 8 a 17 anos que vivem em áreas de alta vulnerabilidade social de Araxá.

O grupo já se apresentou em São Paulo e segundo o Gestor de projetos do Conselho de Participação e Integração da Comunidade Afro-Brasileira de Araxá (Coafro) – Antonio Carlos da Silva – a repercussão do projeto que foi a melhor possível “Tivemos reconhecimento e fomos muito valorizados em São Paulo, e agora temos que mostrar o nosso trabalho para as pessoas de Araxá, para aos parentes das crianças, e também é uma forma de agradecer aos patrocinadores”, explicou.

De acordo com Antonio Carlos, os próximos projetos do Tambores Africanos serão a prestação de contas junto ao ministério da cultura. “Depois de feita a prestação de contas que vai durar cerca de 30 dias, nós vamos estender para outros bairros e destinos, nos já estamos nos bairros, Boa Vista, Bom Jesus e Francisco Duarte. Inclusive temos um projeto que poderá levar as crianças para ao Rio de Janeiro”, destacou.

História

A música sempre foi a herança mais visível que os negros africanos e
escravizados, trouxeram para o Brasil. Diversa, rica, rítmica, ela se misturou e se transformou aqui no Brasil. E é baseado nisso, que o projeto Tambores Africanos desenvolve a criatividade musical dos adolescentes e jovens e os ensina a construir instrumentos de percussão.