Destaque »

Fama de Araxá promove atividades do Outubro Rosa

22 de outubro de 2020 – 14:35 |

A Fundação de Assistência à Mulher Araxaense (FAMA) estás promovendo várias atividades e  ações durante outubro, que é o mês de prevenção ao câncer de mama. Entre as ações até uma live musical solidária aconteceu …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

A favor de um trânsito mais humanizado

Ministério Público, Polícia Militar, Consep, Grupo Zeman e Prefeitura Municipal firmam acordo para a criação da Transitolândia em Araxá.

Nesta quinta-feira, 5, o Ministério Público e a Polícia Militar (PM) se reuniram com parceiros no 37° Batalhão da PM para firmar acordo para a implantação da Transitolândia em Araxá. O objetivo do projeto é ensinar às crianças do Ensino Fundamental (de escolas públicas e particulares) como ser um bom pedestre, que colabora com o trânsito e que não põe sua vida em risco. A Transitolândia será construída no 37° BPM. O projeto está orçado em torno de R$ 145 mil e conta com a participação de novos parceiros que são Grupo Zema e Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep).

De acordo com o capitão PM Fernando Reis, que neste ato representou o comandante do 37° BPM, Ten. Cel. Eurípedes, a Transitolândia é uma ferramenta importante de educação das crianças no trânsito. “É uma parceria que vai ajudar muito nessa questão do trânsito em Araxá. Nós acreditamos bastante nessa questão de educação no trânsito direcionada principalmente para crianças e adolescentes. Investindo nessas pessoas, nós vamos ter no dia de amanhã pessoas que respeitem o pedestre, a sinalização e as normas de trânsito. Parte dessa obra já foi iniciada”, disse.

O curador de meio ambiente do Ministério Público, Márcio de Oliveira Pereira, colocou que, além da preocupação com a natureza [com o verde], a questão do trânsito deve ser olhada com bastante atenção por todos. “Quando se fala em meio ambiente, as pessoas só pensam em árvores, mato e verde, pois na realidade o meio ambiente é todo aquele lugar que o homem habita. Dentro dessa preocupação que a gente está implementando a transitolândia. No futuro, por meio das nossas crianças, queremos dar um futuro melhor para o trânsito de Araxá. Pensando nisso, o Ministério Público está tentando unir forças para a construção dessa transitolândia. Temos a parceria da Zema e do Consep”, destacou.

Para o empresário do Grupo Zema, Ricardo Zema, o grupo tem que ser parceiro nessas causas ambientais. “É importante a gente aprovar isso, porque, na nossa empresa, temos o projeto ‘Esperança’ onde tudo que nós arrecadamos é doado para as instituições ligadas às crianças. Então, como a ‘Transitolândia’ é ligada nesse tipo de público, acho que é uma obrigação nossa. Nos vamos estar contribuindo com R$ 75 mil”, afirmou.

Já o Consep contribui com uma verba de R$ 70 mil. “O Consep não só apoia como fez parte do desenvolvimento da ideia. Para que tenhamos um país com futuro, precisamos educar as nossas crianças. Educar uma criança é muito mais fácil do que educar um adulto. Se nós queremos deixar alguma coisa de bom para nosso País, vamos cuidar das nossas crianças”, ressaltou o presidente do Consep, Valter José das Neves.

Viviani Antunes Gomes, que é responsável pela Assessoria de Trânsito e Transporte (Asttran), explicou quais serão as atividades realizadas pelo projeto. “A Transitolândia, além de criar oportunidades de trabalhar as crianças nesse projeto, ela vai conter uma sala de aula onde poderemos trabalhar outros públicos como adolescentes. Toda a parte de infraestrutura a Prefeitura já assumiu. Agora com essa parceria viabilizada pelo Ministério Público e Polícia Militar, os prédios começam a ser construídos e a Prefeitura entra com a construção de outros prédios, mais na parte de acabamento, asfalto, jardinagem, a rede elétrica e a sinalização”, contou.

A expectativa é de que o projeto seja concluído até o fim do ano, mas já está programada uma reunião com a empresa que fará a obra para definir o prazo certo de conclusão da transitolândia.