Destaque »

Centro Julio Dário realiza campanha de combate à violência contra idosos

27 de novembro de 2020 – 17:26 |

Com o incentivo do Conselho Municipal do Idoso, as ações buscam a conscientização de toda a comunidade sobre os diversos tipos de violência contra as pessoas da terceira idade.
 
A primeira etapa da campanha aborda o …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Aumento de cães nas ruas de Araxá revela o caos do Canil Municipal

Está semana a reportagem do JORNAL INTERAÇÃO, conversou com o vereador do PTdoB de Araxá, Sargento Amilton, e repercutiu um requerimento de autoria dele, pedindo medidas urgentes em relação ao aumento descontrolado de cães  nas ruas de Araxá, nos últimos tempos. Segundo o parlamentar do PTdoB, sua solicitação é bastante pertinente em função dos problemas de saúde pública e riscos que esses animais soltos pelas ruas do município oferecem ao cidadão da cidade. Ele, garantiu que, “ este é um problema muito sério, que assola nossa cidade, a bastante tempo. Tem cachorro por todo lado e são muitos. Esses animais, podem ser perigosos, estar doentes e atacar principalmente crianças e idosos.” Amilton, revelou que um ataque ou mordida de um cachorro de rua pode causar risco de vida ou até  matar uma pessoa, porque segundo ele, “ em 2014, não houve vacinação animal no município de Araxá”. A preocupação do vereador aumentou após um ataque recente de um cão de rua a uma aposentada de 71 anos em Araxá. “ Esta senhora, que foi atacada por um cachorro de rua a cerca de 15 dias, sofreu vários ferimentos e continua internada correndo risco de morte”, acrescentou o vereador.                    

Flávia Rios: “Canil Municipal não tem estrutura para acolher os animais de rua”:

Diante da denúncia do vereador Sargento Amilton ( PTdoB),  o  JORNAL INTERAÇÃO, procurou a veterinária Flávia Rios, Coordenadora da Assessoria Municipal de Vigilância Ambiental da Prefeitura de Araxá, que reconheceu que a situação é preocupante,  mas informou, que na gestão anterior, a coordenação do Canil Municipal,  havia sido repassada para uma Associação de proteção de Animais da cidade. “ No entanto, após denúncias de irregularidades do Canil, feitas pelo Ministério Público, a Vigilância Sanitária da Regional de Uberaba, determinou que a administração do Canil, voltasse para a Prefeitura, no final de 2014.” Flávia Rios, informou ainda que a situação do local é muito precária e as instalações não são adequadas e não tem estrutura para abrigar os animais sem dono e que vivem nas ruas de Araxá. “ E para piorar o cenário, o Canil, ainda sofre com a superlotação, lá tem mais de 60 cachorros, vivendo em condições precárias e a maioria está doente. Por isso fica difícil a gente levar mais cães para o local, pois eles estariam correndo o risco de adoecerem também.” A coordenadora da Vigilância Ambiental, também revelou que na cidade não existe um veículo apropriado ( carrocinha), para capturar os animais soltos nas ruas.

Projetos e soluções:

Sobre a solução do problema, Flávia Rios, disse que a situação já foi repassada à Secretária Municipal de Saúde e ao Prefeito Aracely de Paula, que já estão estudando um local e um projeto para a construção de um novo Canil Municipal, estruturado e com instalações funcionais para abrir dignamente estes animais. “ Mas, enquanto o novo espaço não é construído, nos conseguimos reestruturar o Canil, na medida do possível, tratando dos animais doentes, com veterinários e outros colaboradores responsáveis pela limpeza, higienização e alimentação dos cães.” Finalizando, Flávia Rios, disse que, “ tem muito cão solto, que é semi domiciliado (tem dono). Outras medidas para minimizar o problema seria a adoção dos animais e a castração deles.”