Destaque »

Zema revela que será candidato à reeleição ao Governo de Minas nas eleições de 2022

30 de novembro de 2020 – 17:15 |

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), vai se candidatar à reeleição nas eleições de 2022. A informação foi confirmada pelo chefe do executivo estadual em entrevista a jornalista Edilene Lopes no programa “Domingo …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Profissionais de saúde de Araxá criam projeto A&Mais de apoio ao Autismo

No último dia 2 de Abril, quarta-feira, foi comemorado o dia Mundial de Conscientização do Autismo. Apesar das inúmeras ideias sobre a escolha deste dia, sabe-se oficialmente que a mesma foi estabelecida pela ONU (Organizações das Nações Unidas) desde 2008. A proposta desta data visa maximizar a conscientização dos transtornos do espectro autista, exigindo maior respeito e atenção às famílias, filhos, cuidadores, etc., que lidam diretamente com aqueles que apresentam este transtorno.

Como proposta de apoio a estas famílias, nasceu então o A&+. A ideia surgiu à partir das queixas de uma mãe, que insistentemente desejou poder estar em contato com outros pais, trocando experiências, sucessos, alegrias, dores, angústias e ansiedades em relação aos seus filhos.  Mais do que isto, os pais desejavam um lugar aonde pudessem ser acolhidos e ao mesmo tempo, orientados.

A proposta e projeto do grupo fora formatada por cinco profissionais da saúde de Araxá: Daniela Barreto (Fonoaudióloga), Priscila Lima (Fisioterapeuta), Bruno Araújo (Psicólogo), Riquelme De Cássia Leite (Psicopedagoga), e Cristiane Silveira (Terapeuta Ocupacional), que já atuavam junto às demandas de autismo na região. O grupo ainda surge numa proposta de difundir as questões atuais sobre o autismo, formas de intervenção, conscientização, ao mesmo tempo em que busca apoio da sociedade. Isto porque, sabe-se que o transtorno é muito mais comum do que se imagina, estimando-se que há mais de 70 milhões de casos no mundo.

Ações como esta são inovadoras, pois percorrem as premissas de uma atenção multidisciplinar, ancoradas em uma proposta de autogestão grupal. De acordo com o grupo, o desejo é que a proposta possa expandir chegar a muitas outras possibilidades, gerando mais qualidade de vida e promoção de saúde para as famílias atendidas. Estima-se que o projeto possa abarcar mais de 15 famílias, número que está próximo a ser alcançado. Toda a proposta acontece de maneira gratuita, contando com o apoio de parcerias empresariais da cidade, e dos próprios pais participantes.