Destaque »

Unidos Contra a Corrupção: Presidente da Federaminas apresenta campanha em Araxá

17 de agosto de 2018 – 16:17 |

A Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (Federaminas) é a primeira entidade empresarial do País a manifestar apoio à campanha Unidos Contra a Corrupção, uma iniciativa criada pela …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

Esquadrilha da Fumaça em Araxá

O aeroclube de Araxá foi base de apoio para a Esquadrilha da Fumaça, na última 6ª-feira, 28, mesmo dia que a equipe se apresentou em Campos Altos.

Na última sexta feira, 28, oito aviões do Esquadrão de Demonstração Aérea [EAD], mais conhecido como Esquadrilha da Fumaça, estiveram aqui em Araxá, cidade que foi base de apoio para pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB) que fizeram apresentação na cidade de Campos Altos no mesmo dia. A vinda da Esquadrilha da Fumaça a Araxá foi fruto da visita dos pilotos até o aeroclube local na referida data, que atestaram condições de excelente infraestrutura da estrutura portuária para receber toda a equipe de pilotos.

Criada oficialmente em 1952, a Esquadrilha da Fumaça é o Esquadrão de Demonstração Aérea da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pela divulgação da FAB em territórios nacional e internacional. Composta por 13 pilotos altamente treinados e capacitados, a Esquadrilha da Fumaça opera com a aeronave T-27 Tucano, projetada e fabricada pela Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), e realiza, em média, cem demonstrações ao ano.

O Capitão aviador Fabrício Carvalho, membro da esquadrilha da fumaça há 2 anos, contou um pouco sobre o surgimento da esquadrilha. “Na escola de aeronáutica do Rio de Janeiro, os instrutores, nas horas vagas, pegavam os aviões e faziam acrobacias, e isso chamou a atenção. Com o tempo, colocaram fumaça para fazer os rastros das acrobacias. Por isso que se chama Esquadrilha da Fumaça”, disse o capitão.

De acordo com o piloto, foi atestado que Araxá tem um dos melhores pontos de apoio no setor portuário da região. “Basicamente um aeroclube precisa ter uma pista extremamente grande e segura para a decolagem da esquadrilha da fumaça e a cidade de Araxá tem isso muito bem. Parabéns a todos pela pista de decolagem que, além de ser grande e limpa, é muito segura”.

O presidente do Aeroclube de Araxá, Fabiano Cota, ressaltou que o grande objetivo é tornar a aviação mais próxima da população. “Nosso objetivo é fomentar a aviação para trazer conhecimento para a população. O aeroclube é uma instituição voltada para o ensino, a prática da aviação e o turismo. Por isso, estamos criando oportunidades para as pessoas ingressarem nessa carreira promissora que é a aviação”, ressaltou.

A última apresentação da Esquadrilha da Fumaça em Araxá foi em 2006, no aniversário da cidade. Para o presidente do aeroclube, estando Araxá servindo como base de apoio, esse retorno da esquadrilha poderá acontecer o mais breve possível. “Eu acredito que com essa estrutura de Araxá, mesmo não estando apresentando em Araxá, pode ser base aqui, porque temos uma das melhores estruturas portuárias do Estado”, comentou capitão Carvalho.

Para a Esquadrilha se apresentar em qualquer município, o pedido precisa ser feito com antecedência, sendo que o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica é o responsável por contemplar a cidade.  “Para Araxá ser contemplada com o espetáculo, ainda precisa ser aprovado pela equipe de Brasília. São muitos pedidos, mas um dia, Araxá, com certeza, será beneficiada. Nós primamos muito pela segurança e por isso que precisa ser agendada com antecedência. É uma satisfação enorme estar em Campos Altos. É a primeira vez que a esquadrilha esteve lá e estamos tendo uma ótima base de apoio em Araxá”, colocou Carvalho.

De acordo com Fabiano Cota, cerca de 2.000 pessoas visitaram o aeroclube para assistir à esquadrilha da Fumaça em Araxá. Para os fãs, a sensação de ver um avião de perto já vale como um prêmio. “Estava aqui desde às 9h da manhã. Consegui entrar e fiquei fascinada com os aviões. É cada avião bonito. Tirei várias fotos para guardar de recordação”, destacou a farmacêutica Ângela de Paula Gonçalves.

E já tem gente esperando pela esquadrilha para voltar a cidade. “Sou fã da Esquadrilha da Fumaça desde a minha infância. Estou realizando um grande sonho da minha vida, que era ver de perto essas potências. Quando crescer, quero ser piloto e pilotar uma máquina dessas. Quero que eles voltem para ver um verdadeiro espetáculo no céu”, finalizou João Victor Gonçalves Andrade, de 13 anos.