Destaque »

Volta do trem de passageiros inclui trajeto entre Araxá, Ibiá e Uberaba

3 de abril de 2020 – 20:27 |

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) realizou,  1º Workshop do Plano Estratégico Ferroviário de Minas Gerais (PEF), para apresentar o levantamento e análise preliminar dos principais projetos que serão priorizados …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Destaque

População de Araxá é convocada para o combate contra dengue

A Secretaria Municipal de Saúde de Araxá, realizou o primeiro Levantamento de Índice Rápido para Aedes Aegypti (LIRAa) de 2020 entre os dias 6 e 10 de janeiro. Foram visitados 2249 imóveis, sendo 54 desses encontrados depósitos positivos para o mosquito Aedes Aegypti em todas as regiões da cidade. Atualmente, os bairros com maior concentração do Aedes Aegypti são Centro, Vila Silvéria e Santa Terezinha. Com esse trabalho realizado na primeira semana do ano, a Secretaria de Saúde constatou que o município está com índice de 2,4%, situação de alerta. Esse percentual é maior em relação ao primeiro mês do ano passado quando foi 1,3%.

O LIRAa é um método de amostragem e mapeamento dos índices de infestação por Aedes Aegypti. Índices de até 0,9% indicam condições satisfatórias, entre 1% e 3,9%, situação de alerta e superiores a 4%, risco de surto. Este levantamento permite a identificação dos criadouros predominantes e a situação de infestação dos municípios. Em Araxá, já são 3 casos positivos de dengue neste ano.

A secretária Diane Dutra destacou a importância de todos colaborarem através da prevenção. “Chamo toda população a estar alerta nas suas casas com vasos de plantas, pneus, caixa d’ água destampada, ou seja, reservatórios de água em geral para cuidar melhor da sua moradia. Isso vai estar colaborando para não ter a incidência do mosquito Aedes Aegpyti na cidade”, ressaltou.

Notificações em 2019

  • Dengue: 3.500 notificações; 1179 casos positivos; 2317 negativos e 4 aguardando resultados
  • Chikungunya: 15 notificações; 1 caso positivo e 14 negativos
  • Zika: 5 notificações; todas negativas