Destaque »

Mosaic Fertilizantes faz simulado de emergência e teste de sirenes em Araxá

21 de janeiro de 2020 – 17:03 |

A Mosaic Fertilizantes, juntamente com a Defesa Civil, realizará um simulado de emergência na quinta-feira (23.01) e mais um teste de sirenes na sexta-feira (24.01), conforme previsto no Plano de Ação de Emergência de Barragens …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Educação

Obras do Centro Cultural entram na reta final

O complexo tem mais de 6 mil metros de área construída e irá abrigar teatro e biblioteca. São dois edifícios em arquitetura contemporânea que se contrapõem e se completam. As paredes inclinadas da fachada são inspiradas nos paredões da Serra da Canastra.

Durante a obra, empregos e renda estão sendo gerados, valorizando a mão de obra e o comercio de Araxá.  Tudo com a orientação de renomados especialistas e fornecedores qualificados. A imponente estrutura física do teatro aliada aos modernos recursos técnicos e operacionais possibilitarão a montagem da maioria de grandes e pequenos espetáculos do circuito nacional além de eventos corporativos, educacionais e transmidiáticos.A expectativa para esse novo tempo da cultura e do conhecimento é grande.O músico Tiago Martins, acredita que Araxá e região ganharão muito com o complexo: “Ter um local como este, com uma acústica de alta qualidade aliada ao conforto de um teatro aberto a comunidade será sem dúvida um privilégio para os músicos.”

O empresário Mário Marques, proprietário de um hotel ao lado do campus, é um entusiasta do projeto. Ele entende que a iniciativa dará novo impulso ao turismo, principalmente ao de eventos: “Estamos nos preparando para esta nova fase, com a possibilidade até de ampliar nosso hotel para atender o público que irá utilizar esse novo espaço. E o fato de estarmos tão próximos é um ponto positivo para nós.”

 

Quem tem esse mesmo pensamento são os proprietários de bares e lanchonetes que atendem os estudantes do UNIARAXÁ. Para o comerciante Jean Carlos Catão o funcionamento do Centro Cultural vai trazer mais movimento eele elogiou a obra: “Os prédios ficaram bonitos e eu gostei muito do revestimento branco  usado.”

O aluno João Guilherme da Escola Estadual Armando Santos, já está de olho na biblioteca do Centro Cultural: “Será importante tanto para mim como para os outros estudantes que moram no setor oeste. Não precisaremos mais ir até o centro para fazer as pesquisas escolares”.

E a biblioteca do Centro Cultural terá capacidade para atender mais de 300 pessoas. Além de aumentar em quatro vezes a área atual o novo local permitirá a renovação e ampliação de parte do acervo, composto hoje por 60 mil volumes e 30 mil títulos. O acesso à biblioteca é marcado por um hall de pé direito triplo, situado entre duas varandas térreas, que poderá ser usado para eventos

Todo espaço terá acessibilidade e a construção é viabilizada graças a uma parceria com o Ministério da Cidadania, via Lei de incentivo à cultura, com patrocínio da CBMM-Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração.

O reitor José Oscar de Melo destaca o papel desse novo complexo: “Com o centro poderemos transmitir e gerar conhecimentos que antes não seriam possíveisdevido à falta de infraestrutura física adequada. Com isso, daremos vazão ao setor artístico e cultural de Araxá e região que tem registrado expressivo crescimento.”

É o Centro Cultural se preparando para em breve receber Araxá e região de braços abertos.

O complexo tem mais de 6 mil metros de área construída e irá abrigar teatro e biblioteca. São dois edifícios em arquitetura contemporânea que se contrapõem e se completam. As paredes inclinadas da fachada são inspiradas nos paredões da Serra da Canastra.

Durante a obra, empregos e renda estão sendo gerados, valorizando a mão de obra e o comercio de Araxá.  Tudo com a orientação de renomados especialistas e fornecedores qualificados. A imponente estrutura física do teatro aliada aos modernos recursos técnicos e operacionais possibilitarão a montagem da maioria de grandes e pequenos espetáculos do circuito nacional além de eventos corporativos, educacionais e transmidiáticos.A expectativa para esse novo tempo da cultura e do conhecimento é grande.O músico Tiago Martins, acredita que Araxá e região ganharão muito com o complexo: “Ter um local como este, com uma acústica de alta qualidade aliada ao conforto de um teatro aberto a comunidade será sem dúvida um privilégio para os músicos.”

O empresário Mário Marques, proprietário de um hotel ao lado do campus, é um entusiasta do projeto. Ele entende que a iniciativa dará novo impulso ao turismo, principalmente ao de eventos: “Estamos nos preparando para esta nova fase, com a possibilidade até de ampliar nosso hotel para atender o público que irá utilizar esse novo espaço. E o fato de estarmos tão próximos é um ponto positivo para nós.”

 

Quem tem esse mesmo pensamento são os proprietários de bares e lanchonetes que atendem os estudantes do UNIARAXÁ. Para o comerciante Jean Carlos Catão o funcionamento do Centro Cultural vai trazer mais movimento eele elogiou a obra: “Os prédios ficaram bonitos e eu gostei muito do revestimento branco  usado.”

O aluno João Guilherme da Escola Estadual Armando Santos, já está de olho na biblioteca do Centro Cultural: “Será importante tanto para mim como para os outros estudantes que moram no setor oeste. Não precisaremos mais ir até o centro para fazer as pesquisas escolares”.

E a biblioteca do Centro Cultural terá capacidade para atender mais de 300 pessoas. Além de aumentar em quatro vezes a área atual o novo local permitirá a renovação e ampliação de parte do acervo, composto hoje por 60 mil volumes e 30 mil títulos. O acesso à biblioteca é marcado por um hall de pé direito triplo, situado entre duas varandas térreas, que poderá ser usado para eventos

Todo espaço terá acessibilidade e a construção é viabilizada graças a uma parceria com o Ministério da Cidadania, via Lei de incentivo à cultura, com patrocínio da CBMM-Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração.

O reitor José Oscar de Melo destaca o papel desse novo complexo: “Com o centro poderemos transmitir e gerar conhecimentos que antes não seriam possíveisdevido à falta de infraestrutura física adequada. Com isso, daremos vazão ao setor artístico e cultural de Araxá e região que tem registrado expressivo crescimento.”

É o Centro Cultural se preparando para em breve receber Araxá e região de braços abertos.