Destaque »

Serviço de endoscopia e colonoscopia da Santa Casa completa um ano e atividade

17 de setembro de 2019 – 11:42 |

Administrar hospital filantrópico, sem fins lucrativos, conveniado ao Sistema Único de Saúde não é tarefa para qualquer um. Enquanto em alguns momentos faltam recursos até mesmo para compra de materiais e medicamentos, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Saúde

Pesquisa sobre acolhimento na UPA de Araxá

As pessoas que aguardavam atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araxá foram surpreendidas nessa semana com a visita de equipes da Secretaria Municipal de Saúde. Está sendo feito um trabalho de acolhimento e de aproximação. A secretária Diane Dutra, explica que a Administração Municipal oferece uma carteira de serviços muito grande, as vezes a população e até os funcionários não sabem quais são os atendimentos e onde buscar.  “Estamos ouvindo a população. Elaboramos um projeto de novo formato de organização da rede e agora estamos confirmando isso na conversa com os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)”. Diane ressalta que as conversas com os pacientes eram feitas há algum tempo e agora estão sendo intensificadas na UPA e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Como muitas pessoas vão para Unidade de Pronto Atendimento buscar serviços que são oferecidos nas UBS, estão elaborando um manual para orientar a população sobre a porta de entrada do atendimento do SUS Municipal e quem fizer esse fluxo não vai esperar muito para ser atendido. Os encontros também servem para divulgar os serviços e como eles são oferecidos. “Estamos vindo em dias e horários variados. A avaliação é muito positiva, as pessoas contam realmente como estão se sentindo, acham bom ter alguém para ouvi-las. Quando percebem que estamos aqui para confirmar as necessidades deles, a população vê que nos preocupamos com a resolutividade e qualidade do atendimento”. Diane destaca que o movimento na UPA está diminuindo desde que ampliaram o horário de funcionamento nas Unidades de Saúde até às 21h. Informa que a população está aceitando bem e lançarão outras novidades com a inauguração da Unisa, prevista para final de setembro. Acrescenta que as pessoas também podem fazer sugestões ou reclamações dos atendimentos na área de saúde, basta procurar a Ouvidoria, que funciona na Secretaria da Saúde das 7h às 11h e das 13h às 17h. Alguns dos pacientes que foram ouvidos na sala de espera aprovaram a iniciativa. Hellen Silva, mora no bairro Alvorada, conta que é a terceira vez que vai a UPA para ser atendida. “Eu acho bom ter essa conversa porque pode trazer mais benefícios pra nós. Fui bem atendida, só o tempo de espera que foi longo, cerca de 2 horas em todas as vezes que eu estive aqui”. Rita Elizabeth, é moradora do Centro, fez ultrassononografia e aguardava para mostrar o resultado do exame. “Foi bom, recebi o atendimento que eu precisava”. A dona de casa Ismália Andrade, do Serra Morena, foi a UPA com a filha de 5 anos. “Achei muito bom, é uma alternativa para identificar os pontos que podem melhorar no atendimento. Minha filha foi atendida, fez exames e recebeu o medicamento”.