Destaque »

‘Rock Bocaína 2017’, agitou final de semana esportivo em Araxá

20 de outubro de 2017 – 20:49 |

Foram quatro dias de muita ação, adrenalina e integração esportiva, na realização da 3º edição do Rock Bocaína, que aconteceu no último fim de semana, entre os dias 12 e 15 …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Responsabilidade social

Fórum Comunitário debate Lei que proíbe o tráfego de veículos pesados em algumas vias de Araxá

Foi realizado na última segunda- feira (24), no Plenário da Câmara Municipal, Fórum Comunitário para debater a Lei 6.078/11 que proíbe o tráfego de veículos pesados e caminhões em determinadas áreas de Araxá. O encontro foi conduzido pelo presidente do Legislativo, Vereador Fabiano Santos Cunha (PRB) e contou com a participação dos Secretários Municipais de Segurança Urbana e Cidadania, de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovações Tecnológicas, de Serviços Urbanos, do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Araxá (IPDSA), o Sindicato dos Veículos Rodoviários de Araxá, SEST/SENAT, hipermercados, proprietários de depósitos de materiais de construção, empresas de caçambas, imprensa e população.O autor da solicitação, Vereador Robson Magela, abriu o Fórum destacando que está sendo procurado por muitos motoristas e proprietários de caminhões que relataram a dificuldade para pagamento das parcelas do financiamento dos veículos, devido à queda na demanda de serviços. Ele lembrou que a Lei que proíbe os veículos com mais de 4 mil kg de trafegarem na região Central da Cidade é do ano de 2011 e, segundo o parlamentar, precisa ser reavaliada para não prejudicar os caminhoneiros. O Secretário de Segurança Urbana e Cidadania, Élvio Bertoni, lembrou que é competência do município disciplinar a utilização das vias públicas e o transporte de cargas. Ele reconheceu que a Lei precisa ser discutida em alguns pontos, que merecem correção e que a administração municipal está aberta para flexibilizar as questões de horário, desde que seja reduzido o tamanho do veículo de descarga. Marco Antônio Rios, Secretário de Serviços Urbanos e Superintendente do IPDSA, destacou que as vias da cidade, principalmente no Centro, não foram planejadas para suportar muito peso. A Lei foi aprovada em 2011, mas surgiram imprevistos ignorados à época da aprovação, que devem ser reavaliados levando em conta não só os prestadores de serviço, mas todo o município, com um prazo razoável para promover adaptações. Geraldo Lima Júnior, Secretário de Desenvolvimento Econômico, apontou a divisão das mercadorias como forma de auxiliar na solução do problema e lembrou que as vias tem que ser pensadas para todos, inclusive pedestres e turistas. A população participou com perguntas; empresários e caminhoneiros relataram problemas de roubo de veículos, problemas para sair de estacionamentos localizados em vias em que o tráfego é proibido e até a dificuldade de se chegar com o veículo na residência dos caminhoneiros, por causa das proibições de circulação. Os Vereadores Raphael Rios (SD), Fernanda Castelha (PSL), José Valdez da Silva (Ceará – PMB) foram signatários do Fórum solicitado pelo Vereador Robson. Ao final do encontro, o Presidente da Câmara cumprimentou o solicitante e os signatários pela iniciativa de se discutir o tema e agradeceu aos secretários pelas informações e pela compreensão da necessidade de se reavaliar essa lei. Ele afirmou que o Legislativo irá trabalhar para que o texto seja revisto.