Destaque »

Araxaense é destaque no Mundial de Corrida de Sky Running na Itália

20 de setembro de 2019 – 17:25 |

Como o JORNAL  INTERAÇÃO já havia informado em primeira mão, no início deste ano,  o jovem atleta araxaense,  Guilherme Bernardo Gonçalves da Silva,  de  16 anos e estudante do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Bola de Capotão: A memória da bola presente no futuro do futebol

Por: Armindo Maia

A BOLA PESADA

Foto time do Juventude ( bola pesada)

Como já tínhamos falando na edição passada, Araxá sempre foi celeiro de grandes atletas do futsal. Nas décadas de 70 e 80 do século passado a cidade viveu o auge do futebol da bola pesada, com competições e disputas espetaculares e o talento de craques que fizeram história no salonismo local. Os acirrados torneios de futebol de salão, eram realizados no ATC, Ginásio Dino Baroni, Clube União e no Sesc. O apogeu do futsal araxanese, foi nos anos 80 e uma das grandes equipes que mais se destacaram em Araxá e região, foi o time do Juventude ( foto), que desfilava o fino da bola nas quadras do salonismo araxaense e regional. O esquadrão do Juventude era muito talentoso e respeitado dentro e fora de quadra. A equipe que tinha no comando o grande e habilidoso Bosquinho e nos bastidores Carlos José (Grillo) e o empresário Julinho da Ótica Botelho, ganhou tudo que disputou na região por mais de uma década. Na foto histórica do Juventude, alinham em pé da esquerdas para a direita: Janinho, Grillo, Waguinho, Bosquinho, Juninho e Amarildo. Agachados da esquerda para a direita: Cezinha, Realino e Dedé( foto).

‘O CARA’

Foto  O Cara Alvaro Maneira o Coquinho no SP Foto 2 - Coquinho e a equipe do Vasco

Hoje estreamos a sessão ‘O CARA’. Trata-se de um quadro onde vamos destacar sempre e homenagear um grande nome do esporte ( futebol, esporte especializado, atletismo, cartola, dirigente, torcedor e profissional da imprensa esportiva que tenha ligação ou uma história ligada ao esporte e bastidores de Araxá. E quem estréia a nossa sessão ‘O CARA’, é o saudoso e craque do nosso futebol Álvaro Maneira, o ‘Coquinho” ( foto), que fez história no futebol de Araxá, Minas e do Brasil. Coquinho foi casado com dona Mirtes Maneira e construiu uma família maravilhosa, tendo como filhos Dr. Vitor Maneira e Álvaro Maneira Júnior e o saudoso Túlio Maneira. Lendário na arte do futebol local na época do derby Najá e Ypiranga, Coquinho, desfilou seu futebol clássico, pelos esquadrões do XV e Piracicaba, Vasco da Gama e São Paulo. A história do saudoso Coquinho é muito mais divertida e especial do que se imagina. É motivo de orgulho e felicidade para nós que somos araxasenses e gostamos de reverenciar e lembrar ‘OS CARAS’ que foram e sempre serão motivo de orgulho e satisfação quando o assunto é futebol de qualidade de Araxá para o mundo!

GRANDES ESQUADRÕES DO FUTEBOL AMADOR

Foto grandes esquadrões do futebol amador

O ano era 1994 e o Campeonato Amador de Araxá da Primeira Divisão promovido pela Liga Araxaense de Desportos sob a batuta do saudoso da LAD presidente, Senezomar de Aquino ( Fio), tinha as melhores equipes do nosso futebol amador com 12 equipes: Caiçara, Operário, Estância, Planeta, Santa Terezinha, Ferroviário, Estância, Guarani, Independente, Mila, União e Cit. Como o futebol profissional ( Araxá Esporte) estava desativado, a maioria dos jogos era realizada no estádio Fausto Alvim é naquele ano, o time do Santa Terezinha ( foto) comandado pelo presidente Irineu Luciano Vieira, diretor Divânio e dona ‘Mariada’, montou uma equipe cheia de craques e que conquistou o juniores e foi segunda colocada na divisão de elite. Na foto inédita registrada no Fausto Alvim no dia 25 de abril de 1994, na partida contra o Planeta, o esquadrão memorável do ‘Santa’, alinhava em pé da esquerda para a direita: César, Carlos, Hilton, Marcelo, Tramela, Deti, Alberto e Armindo e o mascote Cidão. Agachados na mesma sequência: Betão e o filho Maicon, Jorge, Ronan, Chebinha, Wilson e Sapecado ( Elmo).

FRED VESTINDO A CAMISA DO GANSO

Foto Fred vestindo a camisa do Ganso

Até hoje essa fotografia do atacante Fred do Fluminense, vestindo a camisa do Araxá Esporte Clube( foto), é motivo de orgulho para toda a nação alvinegra. O flagrante foi registrado no ano de 2012, no mês de maio. É que o atacante Daniel Morais, do Araxá, é amigo de Fred, do Fluminense. Na época o atacante Daniel do time mineiro ( Ganso), esteve no Rio do Janeiro e presenteou o atacante do time carioca com uma camisa do Ganso. Segundo Daniel, Fred admirou a boa campanha alvinegra no Módulo II. Fred, que já atuou pela Seleção Brasileira e defendeu vários clubes como América-MG, Cruzeiro e Lyon da França, fez questão de vestir a camisa do clube do Araxá. O atacante do Fluminense disse que naquela época torceu muito para que o time do Ganso conseguisse o acesso para a Primeira Divisão como ocorreu mesmo.

O TIME DO CORAÇÃO DOS FAMOSOS

Hoje vamos revelar para quem os jornalistas esportivos famosos torcem:
Milton Leite (TV Globo/Sportv) – Corinthians
Milton Neves (TV Bandeirantes) – Santos
Neto (TV Bandeirantes) – Corinthians
Abel Neto (TV Globo) – Santos
Alberto Helena Jr. (Sportv) – São Paulo
Alex Escobar (TV Globo) – América-RJ ou Vasco
André Loffredo (Sportv) – Corinthians
André Kfouri (ESPN Brasil) – Corinthians

André Plihal (ESPN Brasil) – São Paulo
André Rizek (Sportv) – Corinthians
Antero Greco (ESPN Brasil) – Palmeiras
Arnaldo César Coelho (TV Globo) – Flamengo
Arnaldo Ribeiro (ESPN Brasil) – São Paulo
Caio Ribeiro (TV Globo) – São Paulo
Carlos Cereto (Sportv) – Corinthians
Casagrande (TV Globo) – São Paulo
Cléber Machado (TV Globo) – Santos
Edmundo (TV Bandeirantes) – Vasco
Fernanda Gentil (TV Globo) – Flamengo
José Roberto Wright (TV Globo) – Fluminense
Na semana que vem tem mais revelações…

NÓIS NA FITA

Foto - Nóis na Fita Foto Ditinho Souza no Palmeiras

O time do Araxá Esporte Clube no ano de 1998 disputava com muita ‘sofrênça’ , o Campeonato Mineiro do Módulo Dois, promovido pela Federação Mineira de Futebol, que ofertava duas vagas para o grupo de elite do futebol mineiro das alterosas. Na parada estavam na contenda as equipes: ARAGUARI Atlético Clube (Araguari), ARAXÁ Esporte Clube (Araxá), Associação Atlética PARAISENSE (São Sebastião do Paraíso), Clube RIO BRANCO (Andradas), Esporte Clube MAMORÉ (Patos de Minas), FABRIL Esporte Clube (Lavras), NACIONAL Futebol Clube (Uberaba), POUSO ALEGRE Futebol Clube (Pouso Alegre), TUPI Football Club (Juiz de Fora), UBERABA Sport Club (Uberaba), UBERLÂNDIA Esporte Clube (Uberlândia), VENDA NOVA Futebol Clube (Belo Horizonte) e SETE DE SETEMBRO Futebol Clube (Belo Horizonte). Sem dinheiro, sem apoio e sem um time com condições de buscar algum triunfo, a diretoria do Ganso da época, resolveu de contratar o ex-ponta-esquerda do Palmeiras nos tempos do técnico Waldemar Carabina, Benedito Luís Souza e Silva, o Ditinho Souza ( foto), mas o ponta que tinha nome e mídia, não emplacou no Araxá Esporte. Em 6 jogos que ele atuou marcou apenas um gol cobrando pênalti na partida em que o Araxá Esporte empatou em um a um no dia 07 de março de 1998 contra o time do Uberlândia Esporte no estádio Juca Ribeiro. Na foto em preto e branco que já dura 17 anos, este jornalista entrevistava em primeira mão o famoso e prestigiado ponta esquerda do Palmeiras Ditinho Souza, que foi recebido com pompa e banda de música ao chegar no Fausto Alvim. Apesar de ser ‘foguete molhado’, ‘NÓIS ESTAVA NA FITA’.