Destaque »

Francelino Cardoso Júnior: Levando a vida contando boas histórias

21 de setembro de 2018 – 16:59 |

No final da semana que passou ( sexta-feira, dia 14 de setembro),  os pequenos alunos da Escola Municipal Alice Moura de Araxá, foram presenteadas com a visita do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

‘Pratto’,  destrói São Paulo e Galo lidera Brasileirão

 

Foto Lucas Pratto do Galo

Em partida antecipada da décima sexta rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão de 2015, o  centroavante Lucas Pratto, teve uma daquelas atuações que dificilmente saem da memória de um torcedor. Na noite da última  quarta-feira (29), no Mineirão, o argentino “matou” o confronto contra o São Paulo ainda no primeiro tempo, ao anotar os três gols da vitória alvinegra por 3 a 1. Pato, que perdeu muitas oportunidades na etapa inicial, calibrou a mira no vestiário e fez o tento de honra do tricolor paulista. Com o resultado, o Galo chegou aos 35 pontos e manteve a liderança isolada do Brasileirão. A noite só não foi melhor porque o Corinthians bateu o Vasco por 3 a 0 e segue a dois pontos do Atlético, na segunda colocação. Com 27 pontos, o São Paulo segue na quinta colocação. Porém, o tricolor paulista poderá terminar a rodada na oitava posição. Os dois clubes terão dez dias de descanso. Como o duelo desta quarta-feira foi antecipado, tanto São Paulo, quanto o Galo só voltarão a campo no dia 9 de agosto, um domingo. O tricolor paulista poderá fazer a alegria da torcida atleticana, pois enfrentará o Corinthians, vice-líder do torneio, às 16 horas, no Morumbi. Mais tarde, às 18h30, o Atlético visitará o Goiás, no Serra Dourada. Uma das características mais marcantes do futebol é o imponderável. Por mais que se trabalhe princípios básicos, um treinador pode ver ruir todo seu plano de jogo por um pequeno detalhe ou uma peça que faz uma enorme diferença. E nesta quarta-feira esse ingrediente ficou bem explícito em meio à mistura. Durante quase todo o primeiro tempo, Atlético e São Paulo travaram uma partida equilibrada, errando poucos passes (18 x 12, respectivamente) e criando com boas oportunidades para furar a meta adversária (6 x 5). Porém, para azar do tricolor paulista, o Galo tinha Pratto, que ao longo dos 45 minutos iniciais foi a antítese de Alexandre Pato, centroavante do tricolor paulista. Enquanto o homem-gol do São Paulo perdeu três chances claras de gol, Pratto mostrou uma frieza incomum para finalizar. Centroavante nato, daqueles que se destacam pelo posicionamento e capacidade de tomada de decisão, o argentino liquidou a partida ainda no primeiro tempo, após balançar o barbante em três das quatro oportunidades que teve. O primeiro dos três gols veio aos 19 minutos, justamente quando o São Paulo vivia seu melhor momento na partida. O “Urso” recebeu cruzamento milimétrico de Marcos Rocha e se esticou todo para concluir. Rogério conseguiu evitar o gol no primeiro momento, porém o centroavante insistiu e conseguiu furar a barreira. 1 a 0. Pouco depois, aos 25, não teve nada de oportunismo. Foi na classe mesmo. Giovanni Augusto avançou pela esquerda e cruzou à meia-altura para Pratto dar um belíssimo toque para tirar a bola de Ceni. 2 a 0. O ápice veio aos 43 minutos. Hudson saiu jogando errado e Giovanni Augusto recebeu a bola. O meia viu Pratto penetrando livre no meio da zaga paulista e deu uma belíssima cavadinha, deixando o companheiro de frente para o crime. O camisa 9 dominou a bola com o peito e, sem deixá-la cair, mandou para o fundo das redes. A noite era dele. Hat-trick de Pratto no Mineirão! Apesar do duro golpe sofrido na primeira etapa, o São Paulo voltou valente para o período complementar. Sem muito mais o que perder, o tricolor paulista adiantou suas linhas para, quem sabe, diminuir o prejuízo. E conseguiu. Justamente com o “vilão” de outrora. Aos 16 minutos, Pato aproveitou cruzamento milimétrico de Ganso para, de cabeça, diminuir o prejuízo. Após o gol, o confronto continuou aberto, com um pouco mais de volume de jogo para o São Paulo, o que deixou a torcida alvinegra um pouco preocupada. Não pela distância no marcador, que ainda era considerável. O problema é que o Atlético, cansado, deixou o adversário jogar e não “matou” o jogo nas três oportunidades que teve. Felizmente, o Galo conseguiu segurar a diferença e conseguiu uma importante vitória sobre aquele que pode ser um dos seus rivais na disputa pelo título. Pratto cheio para a fez da torcida alvinegra. No outro jogo da rodada o Corinthians venceu o Vasco por 3 a 0. O Galo só volta a campo elo certame nacional no próximo dia 09 de agosto para enfrentar o Goiás No estádio Serra Dourada.