Destaque »

Zema atrai mais de R$ 4,8 bi em investimentos

14 de junho de 2019 – 18:24 |

Nos cinco primeiros meses da gestão do governador Romeu Zema, o Governo de Minas Gerais atraiu mais de R$ 4,8 bilhões em novos investimentos para o Estado, com a expectativa de criação de cerca de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque

Professor Cachoeira propõe redução e congelamento do salário dos vereadores até 2020: ‘Vamos fazer a nossa parte e cortar na própria carne’

Na contramão do que se prega na maioria dos parlamentos nacionais, onde políticos legislam em causa própria, aumentando à vontade seus vencimentos de maneira arbitrária e sem limites, o vereador do PDT de Araxá, Professor Carlos Alberto Ferreira, o “Cachoeira”, usou a tribuna da Câmara Municipal, na sessão ordinária da última terça-feira, 28 de julho, para apresentar um projeto de resolução que propõe a redução dos salários dos vereadores do município de Araxá, passando de R$ 8.930,20 para R$ 8.103,11. A proposta do Professor Cachoeira ainda prevê o congelamento dos vencimentos dos parlamentares locais, com base neste valor sugerido, até o mês de dezembro do ano de 2020. Em entrevista ao JORNAL INTERAÇÃO, o vereador disse que “nesse momento de crise econômica nacional e de dificuldade financeira em vários setores do nosso País, é preciso que a Câmara de Vereadores de Araxá saia na frente e, num gesto de cidadania, também faça sua parte para tentar reverter esse quadro tenebroso que hoje afeta principalmente o trabalhador e as classes menos favorecidas. Podem até pensar que estou fazendo média, jogando para a galera, mas este é um ato cívico que deveria ser seguido também pelo Executivo.” O vereador explicou que “hoje os vencimentos [o salário] dos vereadores de nossa cidade são de R$ 8.930,20, o que equivale a 35,2% do salário de um deputado estadual de Minas Gerais. Esse nosso projeto tem como proposta principal a redução dessa equivalência para 32% sobre o percentual pautado sobre o salário dos deputados estaduais do Estado.” Sobre a proposta, a maioria dos vereadores araxaenses não quis se manifestar. Apenas Romário do Picolé, do PT do B, comentou o assunto dizendo que é um projeto enganoso e que, em breve, irá apresentar uma proposta para passar os vencimentos dos parlamentares do município de Araxá para mil e cem reais por mês. O projeto de resolução do vereador Cachoeira foi encaminhado para ser analisado pelas Comissões Permanentes da Câmara Municipal de Araxá, e ainda não tem data para ser votado. Cachoeira disse que o projeto é legal juridicamente. “É proibido e imoral o vereador aumentar seu próprio salário, mas não tem lei que proíba que ele seja reduzido e congelado. Caso o projeto seja rejeitado pela maioria dos vereadores, eu vou continuar com proposta pessoal e vou ficar apenas com os 32 por cento de meus vencimentos. O restante vou doar para uma instituição de caridade. A gente tem que fazer a nossa parte, dar o exemplo e cortar na própria pele.” Finalizando, Cachoeira disse que “o prefeito de Araxá também poderia aderir ao projeto e implantar a mesma medida lá na prefeitura.”

Vencimentos dos vereadores de Araxá:

tabela

Interação nas ruas:

O JORNAL INTERAÇÃO foi às ruas de Araxá para analisar a repercussão da proposta de redução e congelamento dos vencimentos dos vereadores da Câmara Municipal de Araxá, até dezembro de 2020, do vereador do PDT, Professor Cachoeira. Para o representante comercial Luiz Carlos Trindade, de 34 anos, “é uma ideia muito bacana e exemplar em tempos de corrupção e bandalheira política no Brasil; mas será que os demais vereadores vão querer votar a favor da redução do seu próprio salário?”. O aposentado João Vicente Barreto de Souza, de 63 anos, disse que “nunca vi um político propor a redução do seu próprio salário, mas é um projeto exemplar do vereador Cachoeira, e eu torço para ser aprovado”. A diarista Maria do Carmo Santana, de 46 anos, disse que, “finalmente uma boa notícia vinda lá da Câmara. Se for aprovado, eu acho que vai servir de exemplo para outros políticos. Eu apoio”. Para o estudante Lucas Guilherme Correia, de 20 anos, “sou completamente a favor do projeto. A gente precisa de moralizar a política e tem que começar reduzindo o salário dos políticos que ganham muito e nada fazem. Eu só não acredito na aprovação dessa lei.” Segundo a vendedora Cleide Márcia Cintra, de 28 anos, “é uma iniciativa muito legal. Acho que para o nosso País voltar aos trilhos, é preciso que os bons exemplos comecem de cima e venham dos nossos políticos e administradores públicos. Parabéns ao vereador Professor Cachoeira! Espero que ele consiga aprovar esse projeto exemplar e moral.”

Foto reuniaão Cachoeira projeto de lei (4)

Foto reuniaão Cachoeira projeto de lei (3)

????????????????????????????????????