Destaque »

Araxá registra o primeiro caso positivo de coronavírus

9 de abril de 2020 – 19:16 |

Na manhã desta quinta-feira, dia 09 de abril de 2020, o Comitê de Enfrentamento ao Covid-10 de Araxá, confirmou o primeiro caso de coronavírus no município de Araxá. O Boletim Epidemiológico foi divulgado às 11h35 …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque

Seleção Araxá vence Campos Altos por 3 a 0.

Por: Alcino de Freitas.

Aconteceu no sábado, 18, o inicio da Copa Ampla, e o jogo realizado em Araxá, no Estádio Municipal Fausto Alvim, entre a Seleção de Araxá e a Seleção de Ca

mpos Altos. A Seleção Araxaense, levou a melhor pelo placar de 3 a 0, depois de um primeiro tempo de poucas emoções. Um jogo que sofreu uma modificação tática, logo, por volta dos 25 minutos do primeiro tempo. A Seleção de Campos Altos, sentindo a maior intensidade de jogo do seu adversário, fez recuar o seu centro avante, Júlio, que recuado, passou a atuar como cabeça de área atuando mais defensivamente.  Mesmo assim, a Seleção de Araxá criou duas boas oportunidades. A primeira quando, o zagueiro Barão, salvou um gol certo encima da linha do gol, e, a segunda, foi quando Caio Xaropinho, chutou e o árbitro marcou impedimento de Filhão, sem que o atleta estivesse participado da jogada. Veio o segundo tempo e o técnico Fernando Guimarães, voltou com três substituições que acabaram dando certo. Entraram: Fred, Everton Negão e Caceb

a que, além de maior intensidade, deram também maior qualidade. A Seleção de Campos Altos sentiu, não só a maior consistência do adversário, como também o melhor preparo físico. A Seleção Araxaense foi marcando os seus gols e construindo uma boa vitória. Aos 11 minutos, uma bola cruzada pelo lado esquerdo e Bebeto pegou firme inaugurando o placar. Aos 29 minutos, Malaia, fez uma bela assistência para Everton Negão que, aumentou o placar para 2 a 0. Aos 41 minutos, Princesa passou

para Malaia que, rolou para Caceba empurrar para o fundo das redes. Estava consumada a vitória da Seleção de Araxá que, jogou com: Romero, Filhão, Zé Mário, Dedé (Fred), Kelvin (Everton Negão); Caio Xaropinho (Teteu), Liniker, Malaia, Princesa; Xande (Caceba) e Bebeto. Técnico: Fernando Guimarães.

Seleção de Campos Altos: Jonas, Elimar, Barão, Fagner, Gugu (Mateus); Waldir, Carlos (Vandinho), Léo, Moisés; Júlio (Sa

muel) e Vinicius. Técnico: Mateus Carlos.

Árbitro: Amilton Marques Moreira, auxiliado por José Maria Silva e Walter José de Souza.

Representante: Anderson Clayton dos Santos.

Cartões amarelos. Para a Seleção de Campos Altos: Jonas, Fagner, Léo e Júlio.

Na manhã do domingo, 19, estivemos no Estádio Octaviano Paraíso (Paraisão), onde a equipe da casa, o Dínamo, recepcionou o time do Ferrocarril com uma bela goleada, por 6 a 0, em partida válida pelo campeonato Amador da primeira divisão de Araxá. Pelo placar, não é preciso dizer que, um time atacou e o outro procurou se defender. O Dínamo, um time mais equilibrado, mais consistente, mais  técnico, atuando no seu próprio estádio, com maior competência, foi marcando os seus gols e construindo a sua bela vitória. Primeiro tempo: aos 16 minutos, Mascote, recebeu um cruzamento da direita, e, pela meia esquerda, no meio de dois adversários, ele dominou e chutou forte para inaugurar o placar. Aos 19 minutos, Xande, que após receber

um passe de Mascote, aumentou para o Dínamo. Aos 22 minutos, foi à vez de Malaia, que com um chute forte, de fora da área, acertou o alvo. Ainda no primeiro tempo, aos 45 minutos,  Fernando Henrique, cobrando falta, fechou a primeira etapa fazendo 4 a 0. No segundo tempo, aos 21 minutos, Xande, cobrando falta, fez 5 a 0. E aos 35 minutos, Xande, mais uma vez, aproveitando um cruzamento de Dunguinha pela direita, antecipou-se a zaga e marcou de cabeça.

Dínamo: Ricardinho, Igor Goiaba (Paulo André), Dunguinha, Dedé (Zé Augusto), Kelvi (Tchô); Caio Xaropinho (Pelezinho), Fernando Henrique, Malaia (Artur), Mascote; Xande e Wagner Love. Técnico: Rodrigo Siqueira.

Ferrocarril: Tiago, Jederson (Diogo Preguinho), Jean Kleber (Adelson), Alessandro, Mirlando; Alexandre (Darlei), Gilson Junior (Felipe), Robinho, Dalminho; Gustavo e Diego (Vitinho). Técnico: Evaldo Juvenal.

Árbitro: Denilson Moura, auxiliado por Sebastião Prosolino e Charles Henrique. Mesária: Samara Fernanda.

Cartões amarelos. Para o Dínamo: Igor Goiaba, Dunguinha e Caio xaropinho.

Para o Ferrocarril: Jean Kleber, Alexandro.

Cartão vermelho: para Robinho do Ferrocarril.