Destaque »

Ganso empata com Valeriodoce e continua no G4

24 de setembro de 2018 – 19:49 |

Em partida válida pela décima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, versão 2018, chancelado pela Federação Mineira de Futebol, na manhã do último  domingo, dia 23 de setembro, o time do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

Câmara apoia transformação do Cefet-MG em Universidade Tecnológica

A Câmara Municipal de Araxá participou ativamente da audiência pública, promovida pela Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que debateu a transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) em Universidade Tecnológica. Araxá foi a primeira cidade a receber o ciclo de debates em relação ao projeto.

O vice-presidente Sargento Amilton (PTdoB) representou o presidente Miguel Júnior (PMDB) e o Legislativo local na mesa de trabalhos, conduzida pelo deputado estadual araxaense Bosco (PTdoB).

No uso da palavra, o vereador Sargento Amilton destacou a Câmara Municipal como grande apoiadora da transformação e ressaltou que é a através da educação que se constrói uma comunidade inteligente, saudável, além de uma cidade mais segura. “E devemos primeiro nos preocupar com a educação, e o momento é agora. Estamos prontos para servir e ajudar a comunidade.”

Também estiveram presentes os vereadores Fabiano Santos Cunha (PRB), Juninho da Farmácia (DEM), Néia da Uninorte (PDT), Marcílio da Prefeitura (PT), Fárley Cabeleireiro (PT), Romário do Picolé (PTdoB), Alexandre dos Irmãos Paula (PR) e Professor Cachoeira (PDT), além de diversas autoridades estudantis e políticas, estudantes e representantes do Consulado da Costa do Marfim.

Com a transformação do Cefet-MG em Universidade Tecnológica, segundo o diretor-geral da instituição, Márcio Silva Basílio, a entidade receberia mais recursos financeiros e suporte da Secretaria Nacional de Ensino Superior, proporcionando a instalação de mais 11 cursos de engenharia e praticamente o dobro de matrículas, se tornando a segunda maior instituição com maior número de cursos de engenharia no país (24 no total), atrás apenas da Universidade Tecnológica do Paraná, que passou pelo mesmo processo de transformação.

Atualmente, de acordo com Basílio, o Cefet-MG conta com 44 cursos técnicos, 16 cursos de graduação, sete pós-graduações, sete mestrados e um doutorado, distribuídos em nove municípios. Além disso, a instituição possui o maior programa de iniciação científica júnior do Brasil e convênios com 11 países.