Destaque »

Ganso empata com Valeriodoce e continua no G4

24 de setembro de 2018 – 19:49 |

Em partida válida pela décima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, versão 2018, chancelado pela Federação Mineira de Futebol, na manhã do último  domingo, dia 23 de setembro, o time do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Cruzeiro x Villa: goleadas, multidões, decisões e tabu ao longo de 95 anos

ricardogoulart-_cruzeiro_futurapress.jpg_95Cruzeiro e Villa Nova fazem no proximo domingo as 16 horas no Mineirão mais um clássico pelo Campeonato Mineiro. Um jogo que tem história e recorde de público. Uma rivalidade com mais de 95 anos, goleadas históricas, jogos para multidões e decisões de títulos. Esse pode ser um breve resumo do que Cruzeiro e Villa Nova-MG já fizeram ao longo dos anos, desde que se enfrentaram, pela primeira vez, no dia 18 de setembro de 1921, em partida disputada em Nova Lima e válida pela Taça Nova Lima. O resultado foi 1 a 1. Cruzeiro e Villa Nova-MG já se enfrentaram 238 vezes. O time de Belo Horizonte venceu 121 partidas e fez 453 gols, enquanto o de Nova Lima ganhou 45 e balançou as redes 287 vezes. Foram registrados 72 empates. Dos 238 jogos, 170 foram válidos pelo Campeonato Mineiro. O jogo foi disputado 156 vezes em Belo Horizonte, 76 em Nova Lima, duas em Sete Lagoas, e uma vez em Juatuba, Itaúna, Ipatinga e Capelinha, todas no interior de Minas Gerais. Várias goleadas já foram registradas no confronto. A maior delas, em 1994, pelo Campeonato Mineiro. Jogando no Mineirão, o Cruzeiro aplicou 8 a 0 no Villa Nova-MG. O destaque desta partida foi o atacante Ronaldo, que fez dois gols. A Raposa já havia feito oito gols no Leão num mesmo jogo. Foi num amistoso, em 1930, quando venceu por 8 a 3. O maior público em um evento esportivo em Minas Gerais foi registrado num Cruzeiro x Villa Nova. Na decisão do Campeonato Mineiro de 1997, o Mineirão recebeu 132.834 pessoas para ver a vitória azul por 1 a 0, que valeu o título para o Cruzeiro