Destaque »

CBMM amplia área de atuação e anuncia criação do Centro de Matéria Prima para Turbinas de Avião em Araxá

14 de dezembro de 2018 – 11:13 |

A direção da empresa CBMM, realizou na noite da última terça-feira, dia 11 de dezembro, no ‘Clara Rosa Eventos’,  a tradicional reunião de confraternização com profissionais e diretores de organismos de imprensa da cidade de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

GERAÇÃO “FOLGADA”

Geração Y, também conhecida por Millennials, é a geração das pessoas que nasceram entre os anos 80 e início dos 90. São ainda chamadas de Geração do Milênio ou Geração da Internet, devido ao fato de serem os primeiros a nascerem num mundo totalmente globalizado.

A geração Y se caracteriza por ter vivenciado muitos avanços tecnológicos, crescimento de diversos países, que acabaram tornando-se potências mundiais.”
As crianças da geração Y cresceram tendo o que muitos de seus pais não tiveram, como TV a cabo, videogames, computadores, vários tipos de jogos, e muito mais.  Por terem esse contato todo com a tecnologia, acabaram ficando conhecidos por serem pessoas folgadas, distraídas, insubordinadas e superficiais, em sua grande parte.
Os Millennials também  são conhecidos por terem grande ambição, e é normal encontrar jovens dessa geração que trocam de emprego frequentemente, porque no emprego anterior não eram desafiados e não tinham oportunidade de crescer profissionalmente.
A geração Y é um público ávido por inovações, querem ter sempre a televisão mais moderna, o smartphone do momento, todos os produtos mais tecnológicos possíveis. É uma geração consumista.
Novas classes de gerações vão surgindo com a velocidade das mudanças ocorridas na sociedade. Isso influencia na forma como as pessoas agem e direcionam suas vidas.
E após a geração Y, surge a geração Z. A maior característica dessa geração é o avanço da tecnologia, o compartilhamento de informações através principalmente da internet. A geração Z aparece numa época em que tudo está disponível de forma fácil e simples. É uma geração evoluída ? Pode ser, mas perde na maturidade, são pessoas individualistas, com dificuldades interpessoais , enfim, uma geração “folgada”.
Hoje a facilidade  em adquirir bens  materiais é muito grande, mesmo com a situação econômica gritante que assola o país e o mundo. Há muito mais conforto que em épocas passadas.
Presenciamos uma geração folgada por demais. Alguns  filhos  são dependentes em tudo dos pais. Se casam, recebem a moradia toda mobiliada  e os pais  continuam fazendo as despesas do novo casal “folgado”. Vão nascendo os netos , são colocados em escolas particulares e quem paga a escola? Os devotados pais, agora avós.
Os casamentos não se prolongam , pois os “folgados” não querem assumir os compromissos matrimoniais, como deveriam.
Não sentem na pele o sabor das conquistas pelo próprio esforço e suor.
A boa educação está perdendo seus valores. O respeito pede socorro.
Alguns pais parecem ter medo dos filhos. Não dizem não, engolindo sapos goela abaixo.
De fato educar hoje não é fácil, diria até que é complicado. Talvez poucos sentem como eu.
Escrevo isso por assistir e vivenciar, por onde ando. Não tenho nada com isso, porém fico pasmada e até irritada. Tem “pai” que é cego. Ensinei meus filhos a pescar. Dei-lhes os ensinamentos de como seguir a vida. Ainda bem, pois se dependessem de mim financeiramente estariam lascados. Graças a Deus cada um deles administra muito bem a vida que escolheram. Claro que se morassem todos bem pertinho de mim, seria melhor ainda.
Entendidos e leigos dizem por aí que o universopassará por  uma grande transformação  ou já está passando. Tomara que seja uma mudança profunda , consistente e valiosa em todos os aspectos: sociais, econômicos, políticos, educacionais.
Caso contrário, o que será das gerações futuras?
Estamos vivendo uma era preocupante. E somente com muita maturidade, bons exemplos e experiência de vida é que se percebe tudo isso.
O bom exemplo constitui o melhor e mais eficaz sistema de educar os filhos.
“É na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais.”
Só espero e desejo que a geração dita “folgada”  seja a transformação de um mundo melhor, enquanto há tempo.

Gloria Soraggi