Destaque »

Tauá Grande Hotel de Araxá vai reabrir no dia 14 de agosto

7 de agosto de 2020 – 17:39 |

 
A rede Tauá publicou em suas redes sociais, que o Grande Hotel do Barreiro em Araxá, reabrirá no dia 14 de agosto em Araxá.
O Hotel está fechado desde o dia 18 de março, segundo …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

Olimpíada Brasileira de Matemática 2016: As inscrições estão abertas

imagesAs escolas mineiras já podem dar o primeiro passo para que seus alunos possam repetir o sucesso conquistado nas últimas edições da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). As inscrições para a competição podem ser feitas até o dia 1º de abril, no site da Obmep. Podem participar alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de escolas públicas (municipais, estaduais e federais) de todo o país. A competição tem como objetivo revelar e estimular talentos, além de incentivar o estudo da Matemática. Em 2015, a Olimpíada teve a participação de 47.580 escolas (localizadas em 99,48% dos municípios brasileiros), que inscreveram 17.972.333 alunos na 1ª fase. Iniciada em 2005, a Obmep é uma iniciativa do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e promovida com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC). Além disso, a competição conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). A Obmep é realizada em duas fases. Na primeira, provas compostas de 20 questões objetivas (múltipla escolha) são aplicadas nas próprias escolas inscritas. Cabe a cada escola participante fazer a correção das provas dos níveis 1 (6º e 7º anos do Ensino Fundamental); 2 (8º e 9º anos do Ensino Fundamental) e 3 (Ensino Médio) com base em gabaritos enviados pela coordenação da Olimpíada, e selecionar os alunos com melhor pontuação. Os estudantes classificados para a segunda fase fazem uma prova composta de seis questões dissertativas, onde devem expor os cálculos e o raciocínio utilizados nas respostas. Nesta fase, que define as premiações, as provas são aplicadas em locais definidos pela coordenação da Obmep e corrigidas por professores indicados pelo IMPA. A prova da primeira fase da competição será aplicada no dia 7 de junho, e da segunda fase, no dia 10 de setembro. No dia 30 de novembro, os resultados serão divulgados no site da Olimpíada. A 12ª edição da Obmep premiará 6.500 alunos (500 medalhas de ouro, 1.500 medalhas de prata e 4.500 medalhas de bronze), além de conceder cerca de 46.200 menções honrosas. Aos medalhistas será oferecida a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC-Obmep), que será realizado em 2017. O aluno com participação regular no PIC tem direito a uma bolsa de Iniciação Científica Jr. do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq/MCTI). Também são premiados pela Olimpíada professores, escolas e secretarias de educação de municípios imagesssque se destacam em virtude do desempenho dos alunos. Na página da Olimpíada, podem ser consultados os critérios utilizados nas premiações. Em 2015, pela nona vez consecutiva, Minas Gerais foi o estado brasileiro com o maior número de medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Foram 151 medalhas de ouro, 417 de prata e 1.042 de bronze. Ao todo, o estado conquistou 1.610 medalhas. Os estudantes ainda conquistaram 10.171 menções honrosas. Em todo o país, foram premiados 48.784 estudantes, sendo 500 medalhas de ouro, 1.500 medalhas de prata e 4.501 medalhas de bronze, além de 42.283 menções honrosas.