Destaque »

Comandante da Capitania Fluvial de Minas Gerais visita Araxá

20 de fevereiro de 2020 – 19:24 |

A Capitania Fluvial de Minas Gerais, com sede em Belo Horizonte desde dezembro de 2018, está ampliando sua área de atuação e deve instalar unidades no Triângulo Mineiro e região do Rio Paranaíba. No …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Destaque

Araxaense é destaque no Mundial de Corrida de Sky Running na Itália

Como o JORNAL  INTERAÇÃO já havia informado em primeira mão, no início deste ano,  o jovem atleta araxaense,  Guilherme Bernardo Gonçalves da Silva,  de  16 anos e estudante do 2º ano do ensino médio, havia garantido vaga para representar o Brasil,  no Campeonato Mundial de Corrida de Sky Running Juvenil, na Itália. O evento internacional  foi realizado entre os dias 2 e 4 de agosto passado, em Fonte Cerreto, onde estão localizadas as melhores trilhas para a prática de esportes de aventura, especificamente as corridas de montanha ou sky running, uma especialidade do araxaense Gui.  A corrida de montanha  é uma modalidade onde se executa movimentos de corrida em ambientes fora do asfalto e com a presença da natureza.  Segundo o atleta,  a  prova foi dividida em duas etapas, a primeira chamada de VK ( Vertical Kilometer ), prova de 3,5 Km com 1000+ de ganho de elevação. Ele disse que, “ nesta VK eu fiquei na 28° colocação, e estou muito feliz com o meu resultado, pois na nossa cidade não possui subidas que se comparam com as de lá.” Guilherme contou também que, “o dia 3 de agosto foi de descanso, já no dia 4, foi realizada a prova de Sky Race, prova de 17km com 1600+ de ganho de elevação. Foi uma prova muito dura, mais eu consegui ter um melhor rendimento do que no VK, pois eu estava fazendo treinos mais específicos para essa prova. Eu consegui ficar na 25° colocação no ranking mundial, fiquei muito feliz com o resultado. Foi muito legal poder participar de um Campeonato Mundial, ver os melhores atletas de corrida de montanha alinhandos ao meu lado. Isso não tem preço.” Muito feliz com a experiência única, Guilherme disse que, “ agora eu pretendo focar nos treinos novamente, para tentar alcançar a vaga e poder representar o Brasil no próximo ano em busca de melhores marcas”, finalizou o jovem corredor.