Destaque »

Catarina enfrenta ventos fortes, mar agitado e baixa temperatura da água na travessia do Canal da Mancha

13 de setembro de 2019 – 18:25 |

Por Maurício de Castro Rosa
O ser humano é o único animal que arrisca sua vida sem ser para comer ou se salvar de um predador. Ele arrisca a vida por adrenalina, por emoções, por desafios, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Destaque

CBMM vai investir 5 bilhões até 2025 para dobrar o tamanho da empresa

O anuncio foi feito oficialmente na manhã do último dia 19 de julho ( sexta-feira), na sede da empresa em Araxá, pelo Diretor  Industrial, Rogério Contato, e pelo Diretor Comercial, Adalberto Parreira, durante reunião com a imprensa local. Notícia que o  JORNAL  INTERAÇÃO, já havia adiantado na edição  838 de 14 de junho deste ano.  O desafio de acordo com Rogério Contato, “se trata de um projeto arrojado de um plano de expansão, que já foi iniciado pela mineradora”.  De acordo com o Diretor Industrial, “a meta é dobrar o tamanho da empresa nos próximos seis anos.  Serão investidos neste período em torno de R$ 5 bilhões de reais, com o objetivo de ampliar a comercialização do produção no mercaado  de 90 mil toneladas por ano , para 130 mil toneladas de nióbio por ano. Com a nova estratégia, a CBMM também irá promover ações específicas para a comunidade araxaense, com foco nas crianças, jovens e adolescentes – gerações  que representam o futuro”.  Ainda de acordo com os diretores da mineradora,    “a CBMM vai  priorizar projetos,  iniciativas culturais e educativas que possam  fomentar a formação dessas novas gerações do futuro, buscando uma melhor qualidade de vida para as pessoas e a cidade de Araxá, levando-se em conta a saúde, educação, urbanbização e o meio ambiente, ”  disse Rogério Contato.  A CBMM, também informou que no ano de 2018, foram investidos mais de R$ 34,1 milhões no desenvolvimento social de Araxá;  R$ 9,1 milhões em saúde e R$ 28,3 milhões em cultura e educação.  Atualmente a  Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração responde pelo  abastecimento de 82% do mercado mundial de nióbio. A retormada de obras, serviços e geração de novos postos de trabalho na CBMM, se deu a partir  do ano passado ( 2018), após o mercado mundial  de nióbio ter sofrido uma retração significativa em 2016. Com o projeto de expansão em andamento, a direção da empresa pretende construir 14 novas  fábricas e com isso consolidar-se no pleno atendimento da demanda mundial do nióbio e também ampliar os investimentos agregados em pesquisas e novos projetos de aplicação de seu produto ( nióbio).  Ainda durante o encontro com representantes da imprensa araxaense, os diretores da CBMM apresentaram outros números relevantes, de ações, projetos e parcerias com o município de Araxá, entre eles  a distribuição de 1,4 milhão de mudas para recuperação ambiental em áreas da cidade. Finalizando, o Diretor Industrial da CBMM, Rogério Contato, agradeceu a presença de todos e disse que, “  nesta nova fase, a  companhia está buscando a diversificação do mercado com novas aplicações do nióbio como por exermplo, na  mobilidade elétrica,( baterias para véiculos  entre outros).   “O compromisso nosso com o mercado é muito forte, muito grande, e não há como fazer crescimento sem ter credibilidade”.