Destaque »

Câmara realiza 2º Fórum Comunitário sobre exames para CNH

22 de julho de 2019 – 15:40 |

A Câmara Municipal realizou, na semana passada (17/07), o segundo Fórum Comunitário para discutir os processos de exames para CNH. O encontro, solicitado pelo Vereador Pastor Claudenir (PP), foi dirigido pelo Vereador Hudson Fiuza (PSL). …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque, Política

Zema busca investimentos federais para alavancar obras e economia de Minas

O governador de Minas, Romeu Zema, cumpriu agenda esta semana, (26/3), em Brasília, onde se reuniu com senadores mineiros para discutir os projetos de interesse de Minas, além de participar do Fórum de Governadores, que, com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, tratou do plano de recuperação fiscal dos Estados. Romeu Zema está na capital federal desde segunda-feira (25/3), para debater também assuntos do setor da mineração, além de buscar recursos federais para obras essenciais no Estado, entre elas, a duplicação da BR-381, mais conhecida como “rodovia da morte”. “Posicionei os senadores da visita que fiz à Agência Nacional de Mineração (ANM) e do encontro com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) para tratarmos de verbas federais para Minas. Precisamos agilizar a duplicação da BR-381, as obras da barragem Jequitaí. São investimentos federais que Minas, mais do que nunca, precisa neste momento, porque estamos fortemente afetados por causa da retração na área de mineração”, afirmou o governador. Romeu Zema convidou os parlamentares a participarem, no próximo dia 17, em Belo Horizonte, de um evento do governo que reunirá mais de 1 mil pessoas ligadas ao setor da mineração para discutir recursos tecnológicos que garantam a segurança das barragens. O governador de Minas destacou ainda os esforços que sua gestão está fazendo para acabar com o desperdício do dinheiro público e reduzir as despesas, mas alertou que, para que Minas saia da crise financeira, será necessária a adesão ao Plano de Recuperação Fiscal. “Em breve, essas medidas (corte de gastos) vão gerar algum resultado. Mas minhas medidas, isoladamente, sem aderir ao Plano de Recuperação Fiscal, não são suficientes para viabilizar o Estado. Então, deixei claro aqui para os senadores que temos essa batalha pela frente, que depende tanto da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) quanto do Tesouro Nacional”, ressaltou o chefe do Executivo mineiro.

Alinhamento

O governador Romeu Zema disse ainda que pretende, nos próximos dias, se reunir individualmente com os deputados estaduais de Minas, para discutirem os projetos em tramitação na Assembleia e salientou que está à disposição para o diálogo com os parlamentares. “Já me reuni com várias bancadas e quero começar a me reunir individualmente com os deputados. Sempre fui uma pessoa aberta ao diálogo, a entender o ponto de vista alheio e estarei à disposição de todos eles”, completou.