Destaque »

Prefeito assina escritura pública de aquisição da área que será doada para McCain

6 de dezembro de 2019 – 11:29 |

A Prefeitura deu um importante passo para viabilizar a instalação da empresa canadense McCain no município. Noo  último dia 4 de dezembro, o prefeito Aracely assinou a escritura pública de aquisição …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Esporte

Cruzeiro busca alternativas no mercado para substituir patrocinador máster

O Cruzeiro trabalha no mercado para buscar reforços e também novos patrocinadores. Há uma sinalização de que o atual patrocinador máster, a estatal Caixa Econômica Federal, irá diminuir drasticamente os investimentos em patrocínio e publicidade a partir do próximo ano, quando o novo presidente do Brasil irá assumir o mandato. Por isso, o clube mineiro e outros do país correm atrás do mercado de um novo parceiro. A Raposa já está negociando com outras empresas, mas não divulga os nomes para não atrapalhar as negociações. Entretanto, há uma expectativa que o acordo seja finalizado até o final deste ano. O próprio presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, já demonstrou confiança em novidades.  O valor atual do acordo é de R$ 10 milhões fixos, mais R$ 6 milhões em premiações. O Cruzeiro ganhou parte deles com o título do Campeonato Mineiro e da Copa do Brasil. Em entrevista no Paraguai, durante sorteio da Libertadores, o supervisor administrativo do Cruzeiro, Benecy Queiroz, comentou o trabalho que está sendo realizando e garantiu um patrocínio forte para o próximo ano. – Nosso departamento comercial está na luta. O Itar (Machado) está buscando alternativas e o presidente também. Tenho certeza que em 2019 nós teremos um patrocinador bem forte. No final do ano, encerram-se outros contratos de patrocínio no Cruzeiro: Cemil, Unincor, Orthopride, Fiat e, em janeiro, a Uber encerra também seus vínculos. O objetivo do clube é aumentar a receita para a próxima temporada.