Destaque »

Presidente e novo Diretor Industrial da CBMM destacam importância do relacionamento com a cidade

9 de dezembro de 2017 – 11:59 |

Na noite da última terça-feira, dia 05 de dezembro de 2017, a direção da empresa CBMM, se reuniu com profissionais da imprensa araxaense num encontro tradicional de confraternização de fim de ano, no salão …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Notícias

Empresas de Araxá começam a receber selo do Serviço de Inspeção Municipal

A inspeção  e valorização de produtos de origem animal produzidos em Araxá deu importante passo. As empresas Doces Cecília e Chilly Gurt foram as primeiras a obter o selo de Serviço de Inspeção Municipal (SIM) após monitoria e inspeção da sanidade do rebanho, o local, a higiene da industrialização, dentre outros quesitos. O selo garante a comercialização em âmbito municipal e valoriza ainda mais os alimentos, quando em conjunto com o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF) – determinado pelo Ministério da Agricultura. O trabalho de campo é desenvolvido por equipe da Secretaria de Desenvolvimento Rural. A coordenadora do Serviço de Inspeção Municipal, Rose Oliveira, afirma que a procura é grande, mas as empresas ainda encontram dificuldade na organização documental e no fluxograma sanitário. “Além das taxas habituais que são cobradas, é necessário alvará, CNPJ, inscrição estadual, análise dos produtos, responsável técnico, espaçamento controle de pragas, controle da água e matéria prima utilizada na produção. Nosso dever é sempre avaliar a situação toda e inspecionar se isso está dentro da lei para que seja produzido um alimento com qualidade sanitária”, explica a coordenadora. Desde 1997 no mercado local, a Chilly Gurt garantiu com o selo do SIM o atestado da credibilidade aos laticínios produzidos. O proprietário Samuel Rodrigues de Mora acredita no destaque dos produtos nas prateleiras. “O selo do SIM confere para nós valor agregado ao produto, pois a partir desse sistema de inspeção a população consumidora passa a ter garantia da parte sanitária e da qualidade do produto. Devido à fiscalização, foram feitas todas as adequações que necessitam ser feitas para estarmos enquadrados na inspeção sanitária”, ressalta o proprietário. Para quem está há mais tempo no mercado de Araxá e região, o selo também representa uma conquista. É o caso da Doces Cecília, atuante desde 1970. “Primeiramente, tem que se ter a empresa filiada a alguma legalidade. O SIM confere isso num quadro municipal. Acho interessante, pois passamos a vender produtos de origem animal já com o selo de garantia. Portanto, vai contribuir muito para a empresa”, analisa o proprietário Ueber Geraldo.