Destaque »

Brasil ganha da Costa Rica no segundo jogo por 2 a 0

22 de junho de 2018 – 20:02 |

A tônica mundial é a Copa do Mundo 2018, na Rússia, que teve início com uma goleada espetacular do time da casa diante da Arábia Saudita pelo placar de 5 a 0. Outros resultados surpreendentes …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

O dia 13 de maio é ressignificado pelo Colégio Dom Bosco de Araxá

3O Núcleo de Ciências Humanas do Colégio Dom Bosco de Araxá, atento às novas realidades, reelaborou o Projeto Somos da Cor e criou o subprojeto Humanizartes. Nesse sentido, o carisma salesiano, e as ações de inculturação serão compartilhados com outros educandários da cidade de Araxá. De acordo com essa nova postura pedagógico-pastoral, foi realizado no dia 13 de maio de 2016, às 10h no Teatro Municipal de Araxá, o Papo Cult – Diálogos Inculturais. Essa atividade foi uma mesa redonda,  composta por alunos do Colégio Salesiano Dom Bosco de Araxá e também por duas escolas públicas convidadas. Fizeram parte da mesa discursiva, além dos alunos, professoras universitárias, educadora social, sacerdote do candomblé e uma jornalista. Os assuntos foram alusivos à construção de uma nova mentalidade baseada na respeitabilidade e no encontro com o diferente. Intolerância religiosa, escola e poder, empoderamento feminino, o racismo nas mídias e escola como transformadora social foram expostos ao público, que superou as 350 pessoas. O desenvolvimento de parcerias e o estreitamento de laços com outras escolas possibilitam o intercâmbio de informações e o aprimoramento dos discursos sociais.  O Projeto Somos da Cor e o subprojeto Humanizartes são propostas fundantes que perpassam o procedimento pedagógico-pastoral do colégio por conjugar a construção do conhecimento e a efetivação dos direitos humanos alicerçados no Sistema Preventivo. Os novos tempos exigem uma postura atualizada a fim de contemplarmos aqueles que, por viés da cultura e da tradição, estiveram à margem social. Desconstruir determinismos e subjetivismos numa sociedade marcadamente midiática é uma tarefa hercúlea, entretanto com um olhar alvissareiro e inovador é possível transpor o senso comum e cristalizar novos ideais.

1(1) 2 4