Destaque »

Zema e ministros anunciam R$ 250 milhões para investimento em turismo e saneamento básico em Minas

10 de julho de 2020 – 17:36 |

Em uma agenda surpresa, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, concederam entrevista coletiva à distância na segunda-feira junto com o governador de Minas, Romeu Zema (Novo). …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque

Nova manifestação popular contra Dilma, PT e a corrupção nacional, já tem data: 16 de agosto

O governo da presidente Dilma Rousseff (PT) será alvo de novos protestos no dia 16 de agosto. As manifestações estão sendo organizadas pelo Movimento Vem Pra Rua. De acordo com os líderes do movimento, o objetivo é voltar às ruas para reafirmar as pautas reivindicadas desde o início do ano. Batizado com o lema “ Vem Pra Rua”, o protesto pretende mobilizar brasileiros em mais de 400 cidades em todas as regiões.  Ainda de acordo com a coordenação nacional do protesto, a intenção desta vez é reunir para pressionar ministros e políticos a fazerem o serviço completo, que agosto será o mês  dos julgamentos das contas públicas de 2014, com forte tendência de  reprovação pelo TCU. O movimento também revela que os protestos contra o governo eram originalmente organizados por meio de redes sociais, mas agora são também liderados  por opositores, sindicatos, populações indígenas e ativistas sociais. Esta semana a reportagem do JORNAL INTERAÇÃOI, entrou em contato com algumas lideranças sindicais, empresários, profissionais liberais, estudantes e líderes de movimentos anteriores e eles informaram que aja existe uma grande mobilização boca a boca e por meio de redes sociais para levar o maior número de pessoas para as aruás no próximo dia 16 de agosto. A expectativa é de que o protesto pacífico em Araxá,  possa agregar o maior número entre todos os protestos populares contra o governo Dilma, PT e a corrupção na cidade. A principio  a concentração inicial  está marcada para asa 15 horas do dia 16 de agosto no largo da igreja matriz de São Domingos de Araxá. Este ano araxaenses participaram  das duas manifestações populares pacíficas realizadas no Brasil, com o mesmo propósito.