Destaque »

Representantes da OAB se reúnem com Vereadores na Câmara

19 de junho de 2018 – 0:41 |

Na tarde da última segunda-feira (11), o Plenário Vereador Guilherme Gotelip Neto recebeu Vereadores, imprensa e diversos advogados do Município de Araxá para uma Audiência Pública. Ainda participaram membros da Diretoria da 33ª …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Chile e Argentina decidem Copa América, amanhã

Sem a presença da Seleção Brasileira na decisão,  a Copa América que está sendo realizada no Chile, chega a final neste sábado dia 04 de julho ( amanhã) a partir das 17 horas, no estádio Nacional na capital Santiago, entre os escretes do Chile e da Argentina. As duas melhores seleções da competição chegam à decisão de forma invicta e com as melhores campanhas da Copa. Os donos da casa ( Chile), chega à grande decisão depois de vencer na segunda-feira passada a Seleção do Peru por 2 a 1 com dois gols marcados por Eduardo Vargas. Medel fez contra a favor dos peruanos. Com o apoio de um país inteiro, o Chile vai em  busca do caneco inédito da Copa América, contra a Argentina. A seleção chilena volta a uma decisão de Copa América 28 anos depois – já que foi vice-campeã em 1987. Para o técnico do Chile Jorge Sampaoli , levar a seleção à final da Copa América em casa foi a realização de um sonho. Ele revelou que, “era nossa obrigação levar o Chile à final, nós sabíamos disso desde o início”, disse o argentino Sampaoli a repórteres. “É um sonho incrível, ainda mais porque somos a sede.” Sampaoli disse que o nervosismo tornou a vitória mais difícil do que precisava, mesmo com o Chile tendo a vantagem numérica em campo pela maior parte do jogo.  “A confusão nos complicou em um jogo que deveríamos ter definido muito antes”, disse. “De todos os nossos jogos na Copa América esse foi o mais difícil porque não soubemos como definir.” Já a Seleção da Argentina comandada pelo técnico Tata Martino, logrou a vaga na decisão do certame na noite da última terça-feira, ao golear por 6 a 1, a Seleção do Paraguai. Argentina não tomou conhecimento do Paraguai, na semifinal da Copa América  em Concepción. A rigor, só faltou o gol de Messi. Mas, em noite inspirada de seu camisa 10, que participou da maioria dos gols, os comandados por Tata  golearam por 6 a 1. E, sábado, decidem o título contra o Chile. Os gols foram marcados por Rojo, Pastore, Agüero, Higuaín e dois de Di Maria. Lucas Barrios descontou. Com o passeio em Concepción, os argentinos estão muito perto do primeiro título após 22 anos. O país não vence um torneio oficial desde a Copa América de 1993. O embate entre Chile e Argentina amanhã, terá vários ingredientes para um jogo espetacular: Messi ( um dos melhores jogadores do mundo) e um Chile jogando em casa por um título que sonha há 99 anos. Além dos comandantes Sampaoli e Tata tem o confronto entre Di Maria e Vargas.