Destaque »

Araxaense é destaque no Mundial de Corrida de Sky Running na Itália

20 de setembro de 2019 – 17:25 |

Como o JORNAL  INTERAÇÃO já havia informado em primeira mão, no início deste ano,  o jovem atleta araxaense,  Guilherme Bernardo Gonçalves da Silva,  de  16 anos e estudante do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Centro de dança Cak realiza uma noite em Hollywood

A apresentação aconteceu no último dia 14 e atraiu milhares de pessoas

O projeto Vidança, Cak Centro de Danças, realizado no Sesc, no último dia 14, reuniu milhares de pessoas, bailarinos, pais e amigos que prestigiaram as 24 apresentações.

Na chegada, um belo camaro branco mostrando a sofisticação do evento com fotos das estrelas de Hollywood e um belo tapete vermelho por onde todos passavam. Desfilaram pelo palco personalidades como Charlie Chaplin, Michael Jackson, Merlyn Moore, assim como Cinderela, Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, Ursinhos Carinhosos, a Bela Adormecida, Aladim, Gato de Botas, entre outros que foram representados.

Os alunos do projeto Vidança fizeram duas apresentações. A primeira foi o Vidança infantil – Aladim, com o elenco formado por, Ana Laura, David, Eduardo, Igor, João Victor, Kailanny, Karina, Lauani, Marcos Vinícius, Marcos Vinícius Oliveira, Samara Souza e Shamara Assis.

Na segunda parte do evento, foi a vez dos deficientes visuais do projeto Vidança adulto – dança comigo. O elenco contou com a participação de Abel, Ademar, Ângela, Baltazarina, Catarina, Claudio, Edi, Geralda, Geraldo, José Humberto, Júnior, Lino, Rosana, Sami e Rosemary.

O projeto que tem o patrocínio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) mostrou que todos nós temos o dom da dança e que eles podem, e podem muito.

Com a coordenação e coreografia de Polyana Ferreira Cardoso, que é a proprietária do centro Cak e gestora do projeto Vidança, as apresentações chamaram muito a atenção “Para quem prestigiou, uma noite diferente, uma noite de conquistas. E para aqueles que não enxergam, um momento de vitória e de emoção ao subir no palco”, concluiu.