Destaque »

CBMM amplia área de atuação e anuncia criação do Centro de Matéria Prima para Turbinas de Avião em Araxá

14 de dezembro de 2018 – 11:13 |

A direção da empresa CBMM, realizou na noite da última terça-feira, dia 11 de dezembro, no ‘Clara Rosa Eventos’,  a tradicional reunião de confraternização com profissionais e diretores de organismos de imprensa da cidade de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

QUAL É A SUA OBRA?

Ouço constantemente as seguintes perguntas ou expressões:
Não casou novamente?
Você está tão bem!
Não tem namorado? Por quê?
É tão bonita!
Mora sozinha?
Não sente solidão?
Tenho inveja de viúva.
Por que toda viúva é feliz?
Melhorou de vida, hein?
Só sei que, quem vê cara não vê coração. E Guimarães Rosa define isso na frase:
“O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem.”

É preciso ter coragem para viver, coragem para amar.
O ser humano tem uma característica, pra não dizer defeito, de pensar que a horta do vizinho é sempre mais verde. E sabe por que é assim? Porque o “vizinho” rega a sua vida com perseverança, expectativas boas, vivendo com os pés no chão, tendo ilusões palpáveis, realizáveis.
Ouço também outras expressões assim: “Você não tem nenhum passarinho para cuidar. Oh vida boa! Dá até inveja branca!”
Já tive muitos “passarinhos” para cuidar e cuidei bem. Hoje posso levar a vida com mais leveza,pois conquistei através da educação de “berço”,do meu trabalho, através da vivência com amigos e de minha querida família.  Há emminha vida seis pessoas que mesmo não morando comigo tenho cuidados de amor, preocupação de mãe, de avó , de sogra…
A vida é um estica e encolhe e se não tivermos equilíbrio, uma hora arrebenta e não tem volta.
Eu sempre tenho dentro de mim a pergunta: Qual é sua obra?
A minha obra é me sentir confortável no meio das inquietudes; é procurar satisfação no meio do caos que a vida apresenta;é transpor os desafios com elegância; minha obra é saber viver.
Ninguém nasce pronto. Nosso maior desafio é fazer a travessia rumo ao amanhã mudando caminhos, transformando ações, enfim procurando o que for melhor para bem viver.
Administrar o tempo e distinguir o que é urgente do que é importante faz-me também muito bem. Procuro sempre enxergar um significado maior na vida.
Minha obra resume nas palavras: dinamismo, relação interpessoal, oportunidades, trabalho, aceitação, reinventar, administrar o tempo e nunca anular minha identidade.
Sou feliz? Não sei!
A felicidade às vezes é uma bênção , mas geralmente é uma conquista.
Vivo os momentos com responsabilidade, inspiro as pessoas que convivem no meu dia a dia e procuro distinguir o essencial do que é fundamental.
Gloria Soraggi