Logo Jornal Interação

A falta de informações prestadas por pacientes que testaram positivo para Covid-19 prejudicou o monitoramento de 545 pessoas em Araxá. Conforme explica a coordenadora da Vigilância em Saúde, Leninha Severo, esse número compreende as pessoas que fizeram o exame detecção do coronavírus, mas que não preencheram corretamente o formulário com dados pessoais, como telefone e endereço, para posterior monitoramento que é feito pela Secretaria Municipal de Saúde.

“Todo paciente que realiza o teste preenche um formulário com dados pessoais e assina um termo de compromisso que se compromete a ficar isolado caso esteja com a Covid-19. Em relação a esses 545 pacientes, nós não sabemos nem mesmo se eles sabem que estão com a doença, se pegaram o resultado do exame”, afirma.

Ela explica que a Secretaria Municipal de Saúde fez várias tentativas de entrar em contato com essas pessoas, seja por telefone ou até mesmo presencialmente, indo até o endereço informado, porém, sem sucesso.

“Esse monitoramento é importante para conseguirmos mapear os casos, encaminhar para atendimento médico, entender a evolução da doença e acompanhar o paciente para que não contamine outras pessoas. Ainda acompanhamos se algum familiar também foi infectado com o coronavírus”, explica.

Segundo protocolos sanitários, tanto o paciente de Covid quanto as pessoas do seu convívio são orientados a ficarem isolados por um prazo aproximado de 14 dias, desde o início dos sintomas.

Caso alguém tenha sido diagnosticado com a doença e não esteja em monitoramento, a pessoa deve ligar no (34) 3691-3313 para atualizar os dados cadastrais.

Por Editor1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *