Logo Jornal Interação

Idosos, adultos e jovens. O dia 25 de março de 2021 é marcado pelo triste registro de 100 vítimas do coronavírus em Araxá. E em respeito aos familiares dessas pessoas, o prefeito Robson Magela decretou, nesta quinta-feira (25), luto oficial de três dias.

“São 100 famílias que sofrem a perda de seus entes queridos. Hoje, todo mundo conhece alguém que morreu de Covid-19, seja um familiar, um amigo próximo ou um conhecido. E por meio desse decreto, quero expressar meu profundo respeito a Araxá, a esses familiares e amigos que nessa próxima Páscoa não terão aqueles que amam por perto”, se solidarizou.

 Emocionado, o prefeito endureceu o alerta sobre o atual momento em que a doença tem se manifestado de forma mais agressiva, principalmente após o registro de novas variantes.

 “O vírus não está mais agressivo apenas entre pacientes idosos. Já temos registros de crianças e jovens sendo internados. Estamos lutando contra um inimigo invisível e ele bate à nossa porta. Cabe a nós agora, mais que nunca, começar a pensar e agir no coletivo, e não só individualmente”, advertiu o prefeito.

 Pelos próximos três dias, as bandeiras do Brasil, de Minas Gerais e de Araxá que ficam em frente ao Centro Administrativo permanecerão hasteadas a meio-mastro. O hasteamento ocorreu na tarde desta quinta-feira (25), após a Secretaria Municipal de Saúde anunciar a 100ª vítima de Covid-19 em Araxá, um homem de 70 anos. Enquanto durar o luto, estão proibidas celebrações, comemorações ou festividades mesmo que de forma remota.

 Além das 100 mortes, Araxá registra 7.420 casos de pessoas contaminadas pelo coronavírus, sendo 76 novos casos confirmados em 24 horas. Desde o início da pandemia, 6.473 pessoas se recuperaram da doença no município. Quase metade da população araxaense já foi testada, foram 49.609 testes realizados na cidade, que tem 107.337 habitantes.

Por Editor1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *