Destaque »

McCain e Prefeitura tratam sobre etapas da construção da fábrica de batatas pré-fritas em Araxá

15 de janeiro de 2021 – 17:09 |

A Prefeitura de Araxá participou de uma videoconferência com diretores da multinacional canadense McCain no Brasil. Na pauta, o prefeito Robson Magela, o vice Mauro Chaves, e secretários se atualizaram sobre a instalação da fábrica …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Sem categoria

IPVA 2021 em Minas começa a vencer dia 18 de janeiro

A Secretaria de Fazenda de Minas Gerais divulgou o calendário de pagamento do IPVA 2021, que tem início no dia 18 de janeiro e vai até 24 de março. De acordo com o órgão, no ano que vem o imposto terá redução média de 4,12% na base de cálculo na comparação com 2020. Como em anos anteriores, o pagamento do tributo é atrelado à quitação do licenciamento de veículos e o vencimento é organizado de acordo com o final da placa. Em 2021, fica mantido em Minas Gerais o programa “Bom Pagador”,que concede automaticamente 3% de desconto para os contribuintes que tiverem quitado em dia todas as obrigações relacionadas ao veículo em 2019 e 2020. Além disso, quem escolher pagar o IPVA em cota única tem direito a outros 3% de abatimento. Porém, o contribuinte que preferir parcelar o tributo em três vezes perde o desconto de 3%. O valor mínimo do imposto para parcelamento é de R$ 150. Abaixo desse valor, só em cota única. O pagamento pode ser feito desde ontem (1º/12) diretamente nos terminais de autoatendimento ou nos guichês dos bancos Bradesco, Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas, Mais BB, Banco Postal, Santander e SICOOB. Para tal, basta informar o número do Renavam do veículo. A emissão da guia de arrecadação do IPVA 2020 também pode ser feita pelo site da Secetaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais. Os valores do IPVA 2020 podem ser consultados no site da Secetaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais, pelo telefone 155 (opção 5) do LigMinas ou no Diário Eletrônico da Secretaria de Estado da Fazenda. A Secretaria de Fazenda alerta que não envia boletos de IPVA para o endereço dos contribuintes nem mensagens eletrônicas para e-mail ou celular contendo links para acesso à tabela ou emissão de guias de arrecadação.