Destaque »

Sete pessoas são vacinadas contra Covid-19 em Araxá na abertura da imunização

20 de janeiro de 2021 – 20:25 |

As 749 doses da vacina contra a Covid-19, disponibilizadas para o município de Araxá chegaram à cidade no início da tarde desta quarta-feira, dia 20 de janeiro de 2021. O primeiro lote de vacinas foi …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Sem categoria

As celebrações dos 300 anos de Minas Gerais

 

Cerimônia realizada no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, na noite de quarta-feira (2/12), com a participação do governador Romeu Zema, do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, do secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, demais secretários de governo e representantes de Poderes, entidades e instituições, celebrou todo o legado do tricentenário mineiro. A data, que marca a criação da Capitania de Minas Gerais, – estabelecida em 2 de dezembro de 1720, pelo rei Dom João V – foi reverenciada com a inauguração do Circuito Luzes da Liberdade e com o lançamento do 300 +1, projeto de uma série de comemorações que se estenderá ao longo de 2021, uma vez que, neste ano, o calendário de atividades foi interrompido pela pandemia de covid-19. Em seu discurso, o governador Romeu Zema trouxe uma mensagem de esperança para os mineiros. “A vida nos prega algumas peças e nos traz grandes desafios. Temos exemplos de grandeza histórica e de superação. Temos Tiradentes com sua luta contra o derrame de impostos, Guimarães Rosa com a essência do ser mineiro, JK com o espírito desbravador e tantos outros. Minas é do tamanho da sua gente, do tamanho da alegria, da força, da coragem e da fé de nós, mineiros”, afirmou Zema.  Romeu Zema destacou, ainda, as características do povo mineiro e sua “força única. Minas tem o mineiro da zona rural, trabalhador, matuto por natureza. Tem o produtor rural, o comerciante, o estudante que sobe as ladeiras das nossas cidades históricas e tem o belo-horizontino, que sempre recebe os visitantes de braços abertos na capital que é de todos os mineiros. Minas tem os campos verdes, as grutas, o queijo, o café com leite, tem mentes brilhantes, tem tecnologia de ponta, tem aço e uma gente sem igual. Sou mineiro do interior, com muito orgulho. Aliás, quero expressar aqui meu completo, inteiro respeito ao interior do estado. Conheço esse estado do Sul ao Norte”, disse. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, valorizou as potencialidades de Minas e o trabalho para seu desenvolvimento cultural e turístico. “Minas é um estado ícone da nossa federação, com a sua cultura forte, sua história e sua rica gastronomia. Minas Gerais tem uma vocação quase única para o turismo e para a cultura. O Brasil é o país número um do mundo em recursos naturais e oitavo em recursos culturais. Minas Gerais abriga mais de 60% dos patrimônios históricos do nosso Brasil”, afirmou o ministro.