Destaque »

Sete pessoas são vacinadas contra Covid-19 em Araxá na abertura da imunização

20 de janeiro de 2021 – 20:25 |

As 749 doses da vacina contra a Covid-19, disponibilizadas para o município de Araxá chegaram à cidade no início da tarde desta quarta-feira, dia 20 de janeiro de 2021. O primeiro lote de vacinas foi …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Cultura

Governo Zema dá início às celebrações dos 300 anos de Minas Gerais

Governo de Minas dá início nesta quarta-feira (2/12) às comemorações dos 300 anos de Minas. A data, que marca a criação da Capitania de Minas Gerais – estabelecida em 2 de dezembro de 1720, pelo rei Dom João V –, será reverenciada com a inauguração do Circuito Luzes da Liberdade, às 18h30, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte. Também haverá o lançamento do projeto 300 +1, com eventos comemorativos ao longo de 2021, uma vez que, em 2020, o calendário de atividades foi interrompido pela pandemia de covid-19. As luzes de Natal deste ano ganharam uma nova estruturação, pensada para os 300 anos de Minas e no projeto da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) de criar o Circuito Turístico Liberdade. A iniciativa permite a expansão do antigo Circuito Liberdade, até então restrito à Praça da Liberdade, na capital mineira, para equipamentos culturais e turísticos localizados dentro dos limites da Avenida do Contorno.  Com a criação do Circuito Turístico Liberdade serão sugeridas rotas turísticas que permitam contemplar o patrimônio, a arquitetura, a cozinha mineira, as artes e todo o contexto de Belo Horizonte que envolve os 300 anos da fundação de Minas Gerais.

Entre as rotas temáticas propostas estão “Minas 300 anos”, que busca aproximar o visitante do sentimento de “mineiridade” por meio da apresentação de parte da história e da memória do estado, com sugestão de locais a serem visitados como o Palácio da Liberdade, a Rua da Bahia, o Museu Mineiro, entre outros.

Já a rota “Arquitetura e Patrimônio” terá locais como Viaduto Santa Tereza, Edifício JK, Praça da Estação e Edifício Niemeyer.

Há também a rota “Cozinha Mineira”, com indicação de restaurantes tradicionais de Belo Horizonte. A rota “Mapa das Artes”, por sua vez, sugere o Palácio das Artes, Museu Mineiro, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), Museu Inimá de Paula e Sesc Palladium como lugares de apreciação do tema.