Destaque »

CBMM realizará testes de sirenes

30 de setembro de 2020 – 13:52 |

A medida preventiva faz parte do Plano de Ação de Emergência para Barragens e as atividades operacionais e administrativas não serão afetadas
 
Com o objetivo de garantir o funcionamento do sistema de alerta de emergência em barragens, a …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Notícias

Governo Zema bate mais um recorde de atração de investimentos em Minas

O esforço do governo para tornar Minas Gerais o melhor lugar para se investir está apresentando resultados cada vez mais positivos. No mês de junho, foi registrado um novo recorde de atração de investimento. O Indi – Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais assinou, somente no mês passado, protocolos de intenção que totalizam R$ 4,1 bilhões. O acumulado do primeiro semestre de 2020 é de R$ 9,7 bilhões, mais que o dobro do valor registrado no mesmo período de 2019.

Isso significa que, mesmo no período de crise econômica mundial provocado pela pandemia da covid-19, empresários ainda acreditam que Minas Gerais é o melhor lugar para instalar suas empresas. Além do posicionamento geográfico que possibilita acesso às melhores malhas logísticas do país, o que proporciona fácil escoamento, o governo estadual oferece incentivos e estímulos aos setores produtivo e comercial, com tratamento tributário competitivo. “Queremos continuar simplificando a vida de quem quer investir, gerar emprego e renda. Minas vai ser o estado que melhor receberá investimentos no Brasil”, destaca o governador Romeu Zema.

Todos os benefícios fizeram o Estado firmar 78 projetos no primeiro semestre deste ano, que prospectam 7.987 empregos diretos. O setor de energia ainda corresponde ao maior valor de investimentos. Um dos combustíveis para este protagonismo é o projeto Sol de Minas, que faz parte do planejamento estratégico do Governo de Minas Gerais, com objetivo principal de alavancar a atuação do estado no setor de energia fotovoltaica em relação ao Brasil.

Dentre inúmeros benefícios, o Sol de Minas aumenta a participação de energias limpas na matriz energética do estado, contribuindo para a redução da emissão de gases do efeito estufa, como o CO2.

Além do segmento energético, Minas está se tornando referência em outros setores, por exemplo, o de bebidas. Com fábricas de cervejas e refrigerantes, o estado também consolida contratos com distribuidoras de bebidas destiladas. Desde de 2019, o Indi assinou protocolos com as empresas Campari, Beam Suntory, Pernod Ricard, Diageo e Bacardi, sendo três dessas as maiores distribuidoras do mundo.

Outros setores também despontam na lista de investidores no estado. Construção, alimentício, fertilizantes, laticínio, automotivos, moveleiro são alguns que concretizaram investimentos em Minas Gerais.