Destaque »

CBMM apresenta nova marca do projeto Cientistas do Cerrado

26 de setembro de 2020 – 21:48 |

Neste mês, em que é celebrado o Dia Nacional do Cerrado, a CBMM reforça seu compromisso com o meio ambiente, a sustentabilidade e o futuro por meio de diferentes iniciativas. Uma delas é o lançamento …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Cultura

Iniciada a restauração do Museu Dona Beja

A restauração do Museu Histórico de Araxá Dona Beja foi iniciada na última semana, dia  26 de novembro. A Prefeitura adquiriu o imóvel e através da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), inicia os trabalhos que serão desenvolvidos pela empresa Minas Construções e Restaurações, de Belo Horizonte. O prefeito Aracely destacou que o prédio foi repassado para a FCCB que é curadora do imóvel e através da Lei de Incentivo à Cultura com uma participação muito importante da CBMM, a restauração está sendo feita. “O Museu Dona Beja voltará a ser uma grande referência, voltará a ser um local de visitação em Araxá e restaura a história da cidade. Faremos com que culturalmente prevaleçam os mitos que embelezaram a nossa história no passado e Dona Beja é um deles”.

 

A presidente da FCCB, Régia Côrtes, informou que com o contrato de R$ 1.523.440,07 o Museu será todo restaurado. Contará com elevador, rampas, banheiros com acessibilidade, um deck na parte da frente, haverá uma revisão em todo o madeiramento e telhado. O projeto foi aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e o Museu que é um bem tombado terá todas as características preservadas. Ressalta ainda que o Museu Dona Beja é extremamente importante para a história de Araxá, foi fechado em abril de 2014 e durante esse tempo recebia manutenção de limpeza duas vezes por semana. O acervo de 468 peças ficou resguardado com vistoria constante e permanece sob a guarda da Fundação.  “Ver o Museu com as portas abertas mesmo que em obras, é muito gratificante. Foi uma luta muito grande, tivemos inúmeros entraves até que esse momento realmente acontecesse. Para a Administração do prefeito Aracely é de suma importância estar iniciando as obras”.

 

O diretor da Minas Construções e Restaurações, Miguel Assad, adiantou que já iniciaram os trabalhos dando prioridade ao anexo que estava em situação mais delicada. A equipe técnica especializada é de Belo Horizonte, mas vão contratar na cidade pedreiros, carpinteiros, eletricistas e serventes, assim como priorizam a compra de materiais também no município. “Sabemos que esta é uma obra muito importante e com certeza vai trazer uma alegria muito grande para a cidade. É uma satisfação fazer com que o Museu Dona Beja volte a ser visitado num período curto. Acredito que até julho de 2020 entregaremos todo o trabalho com muita dedicação e eficiência”.

v