Destaque »

CBMM apresenta nova marca do projeto Cientistas do Cerrado

20 de setembro de 2020 – 21:59 |

Neste mês, em que é celebrado o Dia Nacional do Cerrado, a CBMM reforça seu compromisso com o meio ambiente, a sustentabilidade e o futuro por meio de diferentes iniciativas. Uma delas é o lançamento …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Política

Romeu Zema defende união e sensibilidade dos Poderes para reerguer Minas

O governador Romeu Zema defendeu, na segunda-feira, na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em Belo Horizonte, a união e a sensibilidade dos Poderes de Minas, para construir soluções que melhorem a vida dos mineiros. Zema foi agraciado e o orador do Colar do Mérito da Corte de Contas Ministro José Maria de Alkmim, principal honraria do tribunal. Romeu Zema ressaltou a situação de déficit orçamentário do Estado e sua missão em encontrar caminhos para uma solução definitiva para a situação, o que só será possível com o empenho de todos. “Nossos técnicos e os do Tesouro Nacional realizaram uma ampla auditoria nas contas do Estado. A conclusão é a de que não adiantam receitas extraordinárias. A solução tem de ser estrutural. Ao longo das últimas décadas, vimos incessantemente o movimento de estados e municípios com o ‘pires nas mãos’, pedindo ajuda à União. Nós precisamos ajustar nossas contas para não ter que recorrer a ninguém quando não tivermos recursos. Isso só será possível com o ajuste nas contas. Essa é uma realidade. Para enfrentá-la, peço a ajuda, a colaboração e a sensibilidade de todos vocês”, afirmou. Zema lembrou, ainda, que o alerta emitido pelo TCE pelo descumprimento do limite de gasto com pessoal estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal foi acertado. “Estamos noite e dia trabalhando para encontrar saídas para a crise e, assim, cumprir a determinação do tribunal. Necessitamos do apoio, dos conselhos e sugestões de todos os Poderes”. Disse o governador mineiro.