Destaque »

CBMM vai realizar audiência pública sobre estrutura de disposição de rejeitos em Araxá

1 de dezembro de 2020 – 11:45 |

A CBMM – Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração de Araxá,vai realizar no próximo dia 9 de dezembro, às 18h30, uma audiência pública para informar a população sobre a estrutura de disposição de rejeitos. De …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Sem categoria

Dínamo, campeão da Taça Cidade.

dinamo-esporte-clube-campeao-da-taca-cidade

Dinâmo Esporte Clube campeão da Taça Cidade

Por: Alcino de Freitas.

A decisão da Taça Cidade se deu na manhã de domingo, 25, no Estádio Municipal Fausto Alvim, quando a equipe do Dínamo derrotou, por 3 a 1, o Vila Nova em uma única partida decisiva. Debaixo de um calor intenso, as duas equipes entraram em campo dispostas a praticar um futebol versátil e proporcionar um grande espetáculo. E conseguiram! Belchiorzinho teve a primeira oportunidade, mas Edney defendeu.  O Dínamo, mais pertinente, mais sincronizado, abriu o marcador aos 12 minutos do primeiro tempo. Foi cobrado um escanteio pelo lado direito, e o atacante Xande marcou de cabeça. O Vila tentava surpreender e conseguiu. Aos 32 minutos,  Belchiorzinho fez boa jogada, e Dieguinho aproveitou para empatar a partida. O confronto era emocionante, e, aos 36 minutos, o Dínamo voltou a marcar. A jogada teve início com Xande, pela meia, que passou para Robson empurrar para o fundo das redes. Dínamo 2 a 1. Aos 41 minutos, Dieguinho tocou por cima do goleiro Edney, mas Caio Xaropinho salvou antes de a bola entrar. O Vila voltou para o segundo tempo pressionando, procurando a igualdade no placar, mas o Dínamo jogava administrando o resultado, procurando encaixar um bom contra-ataque para matar o jogo. Com este propósito, acabou marcando o seu terceiro gol. Num bom cruzamento de Mascote, Xande marcou de cabeça. Estava decretada a justa vitória do Dínamo e o título de Campeão da Taça Cidade.

Dínamo: Edney, Rafael Bundinha (Malaia), Lucão, Fernando Henrique (Marcos Jr.), Kelvi (Eric); Caio Xaropinho, Wagner Love (Mascote),  Moulay, Robson (Lucas Rebite); Xande e Pelezinho. Técnico: Gilberto Monteiro.

Vila Nova: Jhonny, Matheus Lucas (Valtinho), Amaral, Anderson (Vinícius), Hermano; Dalmer, Liniker, Tiago Humberto, Vitor; Belchiorzinho e Dieguinho (Ronaldo).  Técnico: João Paulo.

Árbitro: Marcilio Adriano, auxiliado por José Maria da Silva e Sérgio Maurício.

4º árbitro: Edilson José e Enivaldo da Mota. Mesária: Priscila Goulart.    arbitros-da-partida-ao-lado-dos-capitaes caio-xaropinho-capitao-do-dinamo-levantando-a-taca-de-campeao lineker-capitao-do-vila-nova-recebendo-a-taca-de-vice-campeao vila-nova-vice-campeao-da-taca-cidade