Destaque »

CBMM realizará testes de sirenes

30 de setembro de 2020 – 13:52 |

A medida preventiva faz parte do Plano de Ação de Emergência para Barragens e as atividades operacionais e administrativas não serão afetadas
 
Com o objetivo de garantir o funcionamento do sistema de alerta de emergência em barragens, a …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque, Diversos

Começa na próxima sexta-feira o julgamento criminal dos sete vereadores de Araxá envolvidos no esquema de corrupção

IMG_0905Depois dos trâmites e procedimentos decorrentes das fases policiais e analise do Ministério Público, o juiz titular da vara criminal da Comarca de Araxá Dr. Renato Zoain Zupo, definiu que na próxima sexta-feira, dia 26 de agosto de 2016, no Tribunal do Juri do Fórum de Araxá, terão início as audiências que vão analisar e decidir sobre o destino dos vereadores afastados José Maria Lemos Júnior ( Juninho da Farmácia) Carlos Alberto Ferreira (Cachoeira), Marcílio de Faria ( Marcílio da Prefeitura) e José Domingos Vaz, o vereador cassado Amilton Marcos Moreira  (Sargento Amilton) e os vereadores que renunciaram ao mandato ( Miguel Júnior e Eustáquio Pereira). Os sete políticos são acusados de envolvimento e práticas irregulares no suposto esquema de corrupção, desvio de dinheiro e compra e venda de apoio político no processo de reeleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Araxá, na gestão do ex-presidente Miguel Júnior. Relembrando o caso; tudo começou nomes de agosto do ano passado ( a quase um ano ), quando foram deflagradas as apurações e diligências investigatórias no caso de compra e venda de voto em apoio político dentro do Legislativo local. Neste período todos os envolvidos em questão e outras pessoas IMG_0912chegaram a ser presas pela Polícia Civil de Araxá com a chancela do Poder Judiciário e do Ministério Público locais. Durante as investigações a Polícia Civil por meio de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça descobriu e concluiu os inquéritos policiais onde ficaram apontadas as práticas de crimes e delitos variados por parte dos acusados. A primeira audiência sobre o caso no Tribunal do Juri,  terá início as 13 horas do dia 26 de agosto de 2016 e será aberta ao público.