Destaque »

CBMM apresenta nova marca do projeto Cientistas do Cerrado

20 de setembro de 2020 – 21:59 |

Neste mês, em que é celebrado o Dia Nacional do Cerrado, a CBMM reforça seu compromisso com o meio ambiente, a sustentabilidade e o futuro por meio de diferentes iniciativas. Uma delas é o lançamento …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

Aneel autoriza que Cemig aumente tarifa residencial de energia elétrica em 4,21%

imagesOs consumidores de energia elétrica da Cemig, de Minas Gerais, terão um reajuste médio de 3,78% em sua conta de luz. Para o consumidor residencial, especificamente, o efeito real será de 4,21%. O aumento foi aprovado na última  semana pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Consumidores de alta tensão terão reajuste de 2,06%, enquanto aqueles de baixa tensão terão aumento de 4,63%. O reajuste, começou a valer a partir do último dia 28 de maio de 2016. Segundo o diretor da Aneel, Thiago Correia, os repasses cobrados mensalmente via bandeira tarifária contribuíram para que o aumento da distribuidora não ultrapassasse 16%. “Por conta da aplicação e dos efeitos da bandeira tarifária, o reajuste caiu 12,45%”, comentou. O deputado Weliton Prado (PMB-MG), presente na audiência pública, protestou contra o reajuste. O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, lembrou, no entanto, que Minas Gerais é um dos estados com maior incidência de ICMS sobre a conta, o que eleva o preço da energia. No ano passado, o reajuste da Cemig foi de 5,93%.