Destaque »

Polícia Civil realiza Operação de Combate a desvios de recursos públicos em Araxá

11 de agosto de 2020 – 18:11 |

A operação denominada “Malebolge” cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão em Araxá, no início da manhã desta terça-feira, dia 11 de agosto de 2020. De acordo com as informações repassadas pela …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Diversos

Começou o julgamento dos acusados de matar o casal Higor e Rafaela em Araxá

casal assassinadoA justiça de Araxá começou o julgamento na sexta-feira passada dia 20 de maio de 2016, dos três acusados de matar o casal Higor Humberto Fonseca de Sousa, de 26 anos, e  Rafaela D’Eluz Giordani, de 21. O crime que chocou a cidade foi praticado na noite do dia 23 de janeiro deste ano, um sábado,  no Bairro Veredas do Belvedere, em Araxá. A polícia descobriu que o casal foi torturado e  morto a golpes de faca. A garota tinha 12 perfurações pelo corpo e os cortes esetavam cobertos com açúcar. O rapaz teve cerca de 100 perfurações no peito e no tórax e estava coberto por fubá de milho. Ainda segundo os militares, foram furtados da casa dois televisores, uma caminhonete e uma quantidade de dinheiro e jóias. Quatro dias depois a polícia prendeu dois jovens de 18 e 20 anos e dois adolescentes de 17 anos que foram detidos suspeitos do crime. Na audiência de instrução e julgamento que terminou na noite da última g1_prisao_facadas_araxasegunda feira dia 23 de maio, os acusados  Igor Rafael de Paula Silva, de 18 anos; Vinícius Henrique Machado da Mata, de 20 anos e Yuri Santiago Borges, de 22 anos, respondem por latrocínio (roubo seguido de morte). A audiência de instrução serve para interrogar testemunhas e réus e colher provas. A acusação espera pena máxima para cada um dos três suspeitos. São dois crimes e a pena varia de 20 a 30 anos de prisão para cada delito. De acordo com o juiz Renato Zupo, o anúncio da sentença vai ocorrer em até 30 dias.