Destaque »

5° Fase da Operação Malebolge cumpre 40 mandados de busca e prende uma pessoa em Araxá

23 de outubro de 2020 – 14:58 |

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou, hoje (23), a 5ª fase da operação Malebolge. Os policiais civis lotados na Ciretran de Araxá cumpriram 40 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

Igreja Matriz de Araxá busca solução para problemas de segurança e vandalismo

“Encontro teve presença de autoridades de segurança pública da cidade, juizado e lideranças políticas.”

Em uma reunião realizada no último dia 20 (sexta feira), na Igreja Matriz de São Domingos, área central de Araxá, teve como pauta, uma solução para os sérios problemas que a Paróquia vem enfrentando com ações de vandalismo e segurança na área do templo, que é totalmente tombado pelo patrimônio histórico e recentemente passou por uma completa restauração.

O encontro teve a presença do Padre Duile de Assis Castro, responsável pela paróquia, e representantes da Polícia Militar, Juizado de Menores, Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania, Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Artístico e Cultural de Araxá (Comdepac), Secretaria de Ação e Promoção Social, advogados, Ministros das Eucaristia, entre eles, o ex-prefeito Antônio Leonardo Lemos de Oliveira e o vereador Fabiano Santos Cunha, que também levantou o assunto na Tribuna da Câmara.

Segundo Padre Duile, a Igreja vem sofrendo com os adolescentes e jovens, em skates e bicicletas, que frequentemente tem danificado o piso da frente da Igreja e a escadaria. Em um
rápido passeio pelo entorno, os presentes puderam constatar o caso. Além disso, andarilhos e migrantes, conforme preferiu denominar o padre, anoitecem a amanhecem, na porta principal do templo.

Ainda, a falta de segurança, preocupa o pároco. “Hoje, não podemos deixar as portas da igreja abertas para que os católicos possam entrar e rezar. Eles precisam passar pela porta do escritório para termos o controle de quem entra e sai da igreja”, explica.

Entre as soluções apresentadas está o monitoramento por câmeras na Igreja e até mesmo o cercamento com um gradil das áreas afetadas. Por ser um prédio tombado, tudo precisa passar por uma avaliação dos órgãos competentes. O Comdepac deve manter contato com a Paróquia para tratar desse assunto. De acordo com o Padre Duile, o projeto está pronto e até verba própria a Paróquia tem, para instalar 16 câmeras de segurança na parte interna e externa da Matriz de São Domingos.

Para o problema dos adolescentes e seus skates, ficou acertada pela PM, agentes da Segurança Pública Municipal e Comissariado de Menores, uma fiscalização mais ostensiva, visando coibir a prática. Novas reuniões também serão feitas para tratar desse assunto. A PM também deve reforçar a atenção com os andarilhos que permanecem no espaço.