Destaque »

Inscrições para o Programa de Trainee 2021 da CBMM terminam dia 28 de outubro

17 de outubro de 2020 – 21:34 |

A CBMM está com inscrições abertas para seu Programa de Trainee 2021, destinado recém-formados nas áreas de engenharia de materiais e engenharia metalúrgica. Com foco em desenvolvimento de lideranças, o programa terá duração de um ano e será realizado …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

Cemig premia municípios com as melhores práticas em gestão energética

As três cidades vencedoras do Projeto Plamge foram Araxá, Carandaí e Belo Horizonte

Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), por meio do Programa Energia Inteligente, divulgou na última quinta-feira, 13, os vencedores do Projeto Plamge – Plano Municipal de Gestão Energética. As três cidades agraciadas foram Araxá (Alto Paranaíba), Carandaí (Campo das Vertentes) e Belo Horizonte.

O presidente da Cemig, Djalma Bastos de Morais, participou da cerimônia de entrega e destacou a parceria entre Cemig, Governo de Minas Gerais, Eletrobrás e Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM), para a capacitação de servidores de 50 municípios do Estado.

O objetivo desse projeto é transferir o conhecimento sobre eficiência energética e preparando-os para organizar, gerenciar e planejar o consumo de energia elétrica nas administrações municipais, além de disseminar a cultura do uso eficiente para a sociedade.

“A metodologia utilizada possibilitou não apenas estabelecer metas, objetivos e estratégias para a redução do consumo de energia elétrica dos órgãos públicos municipais. Foi possível durante o curso, visualizar o consumo de energia do município e analisar a implicação técnica e econômica dos projetos eficientes”, destacou.

As cidades que obtiveram o destaque receberam um vale eficiência energética, beneficiando-as com ações voltadas para comunidades de baixa renda e entidades sem fins lucrativos, além de uma placa de reconhecimento e um certificado.

Economia

O empenho dos municípios e agentes da Cemig resultou em uma economia de mais de R$ 10 milhões para os cofres públicos através da aplicação dos conhecimentos adquiridos na capacitação, na elaboração de projetos eficientes, com a mudança de cultura e com os novos hábitos.