Destaque »

Araxaense é destaque no Mundial de Corrida de Sky Running na Itália

20 de setembro de 2019 – 17:25 |

Como o JORNAL  INTERAÇÃO já havia informado em primeira mão, no início deste ano,  o jovem atleta araxaense,  Guilherme Bernardo Gonçalves da Silva,  de  16 anos e estudante do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Agronegócios

FAEMG e IMA lançam Cartão do Produtor Rural

Convênio entre Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG) e Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) faz de Minas o terceiro Estado a contar com os serviços disponibilizados pelo Cartão do Produtor Rural, CNA Card, que foi oficialmente lançado pelas instituições em um evento, no último dia 27 de novembro, em Belo Horizonte.

 Com o CNA Card, o produtor rural poderá economizar tempo e dinheiro para a realização de consultas e emissão de documentos, como a Guia de Trânsito Animal (GTA), a Permissão de Trânsito Vegetal (PTV) e o Certificado Fitossanitário de Origem (CFO), eliminando a necessidade de deslocamento até órgãos emissores como a Receita Estadual, órgãos de Defesa Sanitária animal e vegetal, entre outros. Todos os produtores podem solicitar seu CNA Card pelo site www.cnacard.com.br.

 Todas as operações com o Cartão do Produtor poderão ser realizadas eletronicamente, sem que os produtores rurais precisem se deslocar de suas propriedades. As solicitações de documentos podem ser feitas via computador, smartphones, tablets, terminais móveis eletrônicos ou qualquer outro dispositivo. A solicitação será autenticada e direcionada por uma central, que encaminhará os dados para os órgãos de defesa, como IMA, em Minas Gerais, que emitirão as guias ou liberarão os pagamentos, dependendo do tipo de serviço solicitado. “Esse é mais um serviço que conseguimos levar aos produtores, dando a eles mais condições, comodidade e presteza para continuarmos avançando na questão da sanidade animal. Um dos mais importantes objetivos do cartão é facilitar a vida do produtor para que ele consiga se manter em situação legal e fora da informalidade”, explicou o presidente da FAEMG, Roberto Simões.

 Inovação

 O diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, destaca o início de uma parceria importante com a Federação e Sindicatos Rurais, para desburocratizar a vida do produtor e proporcionar maior eficiência aos profissionais do IMA no trabalho de campo. “Essa inovação é um desafio para o meio rural, já que exige muito trabalho e paciência no processo, com fatores que devem ser vencidos quando se implementa algo novo. Mas o objetivo é que, com a evolução do sistema, o produtor possa também inserir seus animais vacinados no programa, dispensando sua ida ao escritório do IMA”.

 Altino acrescenta, ainda que o mundo globalizado exige inovações, mas, ao mesmo tempo em que facilita o fluxo e troca de conhecimentos, bem como o trânsito de pessoas e informações, também traz preocupações em termos de vigilância e segurança: “Esse novo sistema vai colaborar para a segurança da informação, preservando o produtor e o Estado, além de prestar transparência para as missões que nos visitam, visando à importação para outros Estados e países”.

 O superintendente técnico da FAEMG, Affonso Damásio lembra que a ideia é estender a gama de serviços oferecidos, incluindo, no convênio, por exemplo, a Secretaria de Estado de Fazenda, para permitir a emissão de notas fiscais eletrônicas com mais facilidade e de muitos mais locais: “Além de incentivar o associativismo, nossa meta deve ser proporcionar ao produtor rural um importante ganho de tempo para gerenciar sua propriedade”.

 Em breve, e cada vez mais, os usuários do cartão passarão a contar com outras facilidades, como descontos e condições especiais de pagamento em compras de produtos ou serviços, cursos, treinamentos e outros benefícios. Além disso, o CNA Card permitirá acesso a programas nacionais como Certificação de Origem Bovina e Bubalina (SISBOV), Automação dos Processos de Manejo e Gestão em Tempo Real.