Destaque »

Malvinas e Villa Nova saem na frente na semifinal do Amador

19 de novembro de 2019 – 11:34 |

Começaram no último domingo, dia 17 de novembro de 2019,  no estádio Fausto Alvim, as semifinais do Campeonato Amador de Araxá, versão 2019, promovido pela Liga Araxaense de Desportos. Na primeira partida da manhã …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Cultura

Projeto Triciclo Espetáculos é aberto com a arte da dança flamenca

A abertura da segunda edição do projeto Tri Ciclo Espetáculos aconteceu na última sexta-feira, 21, às 19h30, no teatro municipal da Avenida Antônio Carlos com a apresentação do espetáculo “Legado Andalusí”, de Fátima Carretero & Cia. de Baile Flamenco. O projeto Tri Ciclo Espetáculos é um desdobramento de ações culturais desenvolvidas em Araxá e região, que visa o fortalecimento de ações culturais e formação de público. O intuito é dar suporte a festivais e mostras que já acontecem há cerca de 20 anos na região.

O projeto promove a circulação de espetáculos e oficinas de formação e qualificação. A região receberá grupos convidados de bailarinos e atores com espetáculos de elevado teor técnico e artístico, proporcionando o fomento cultural da comunidade através da linguagem universal da dança, do teatro, do circo e da música instrumental/erudita. O evento movimenta vários setores da região: turístico, econômico, social e cultur

A história do “Legado Andalusí” foi iniciada há mais de mil anos: no século VIII D.C. chegam à península ibérica árabes, bárbaros, egípcios, sírios e pessoas das mais variadas etnias, que se misturaram aos habitantes romanos-visigodos e formaram Al-Andalus. Onde tem água brota um oásis, onde tem um oásis brota-se a vida. Em Al-Andalus encontraram um lugar aprazível de natureza fértil e com um vigoroso passado. Em Granada, encontraram a fonte da Vida e suas águas acalmaram o ardor dos guerreiros. Enquanto brotavam flores e frutos, florescia uma civilização que durante séculos era a verdadeira luz. Essa luz segue viva entre nós, é o nosso ‘Legado Andalusí’. A herança Andalusí faz parte dos sinais de identidade da cultura espanhola e recuperar essa fabulosa herança e a difundir para o público é o objetivo do espetáculo.”

A apresentação foi considerada um grande sucesso pela sua idealizadora Cynthia Verçoza, já que mais de 50% dos lugares disponíveis no teatro municipal estavam ocupados pela população de Araxá e região.

A próxima apresentação do projeto Triciclo Espetáculos será nesta sexta-feira, 28, em dois  horários, às 9h na praça da Mangueira, bairro Mangueira I e, às 15h30, nomteatro municipal da Avenida Antônio Carlos. O espetáculo mostra dois artistas mambembes que circulam pelo país em um automóvel, o Carro-céu, que é um palco móvel, onde contam e cantam, de forma divertida e poética, histórias do nosso folclore.

Sinopse

 Para pagar uma alta multa, inventada por um malvado coronel, eles precisam trazer em cinco dias a coisa mais bonita desse mundo, caso contrário, perderão o carro. Desafiados, eles viajam por várias cidades das cinco regiões do Brasil, colhendo elementos da arte popular, acreditando que assim pagarão a sua dívida. Esse espetáculo traz, de maneira divertida, a riqueza cultural de nosso país, de norte a sul, de leste a oeste, através das aventuras e cantos de Jujuba e Ana Nogueira.

O grupo “Cantos do Rio” tem em sua formação atores, músicos, contadores de histórias, educadores e escritores que atuam profissionalmente nas mais diversas áreas artísticas, que se reuniram para materializar através do canto, da interpretação e da contação de histórias, espetáculos populares e envolventes, para crianças e adultos. Desde 2007, realizam espetáculos em diversas cidades de diferentes Estados brasileiros e participam de numerosos eventos importantes por todo o Brasil, tais como festivais, feiras de livro e simpósios. Visite o site: www.cantosdorio.com.br.

A idealizadora Cynthia Verçoza convida toda a população a acompanhar as atrações do projeto que vai até o final do ano e que serão divulgadas brevemente aqui no Jornal Interação.