Destaque »

Morre Cláudio Macedo ex-jogador do Ganso

13 de novembro de 2019 – 18:13 |

Morreu na madrugada da última quarta-feira, dia 12 de novembro, Cláudio de Mello Macedo, ex- lateral do Araxá Esporte Clube na década de  70. Cláudio de Mello Macedo, o Cláudio, ex-zagueiro do Palmeiras, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Esporte

Coluna do Alcino de Freitas

No clássico mineiro, Atlético vence por 2 a 0

o Cruzeiro que cai para a zona de rebaixamento

 

O Atlético segue firme em busca da liderança do Campeonato Brasileiro. No domingo, no maior clássico do futebol mineiro, o Galo enfrentou o arquirrival Cruzeiro e venceu pelo placar de 2 a 0. Com o resultado, o Atlético fica em quarto lugar no campeonato com 24 pontos e o Cruzeiro entra de vez na zona de rebaixamento. Tanto a Raposa quanto o Galo vieram com força total para o clássico. No Cruzeiro apenas Robinho ficou de fora do time que iniciou a partida, mas entrou no segundo tempo.

Pelo lado do Atlético, Cazares voltou à equipe, com a saída de Otero e a permanência de Vinícius. Jogando em seus domínios, o Galo começou atacando mais, chegando mais à meta do Cruzeiro. Aos 23 minutos, Chará invadiu a área em disputa com Orejuela e caiu. O árbitro parou o jogo e aguardou análise do VAR. Após 5 minutos de espera, o árbitro marcou uma falta anterior a favor do Cruzeiro. Mas, aos 45 minutos, em bola perdida no meio de campo do Cruzeiro,Vinícius recebeu, avançou e bateu de fora da área, acertando o canto direito rasteiro e abrindo o placar para o Atlético.

No segundo tempo as equipes voltaram com a mesma disposição e o Cruzeiro, atrás no placar, tentou partir para o ataque, mas logo o Galo voltou a dominar. Aos 30 minutos, Geuvânio, de fora da área, acertou o poste direito do gol de Fábio. Aos 44 minutos, foi a vez de Sassá acertar o poste esquerdo de Cleiton, após cobrança de escanteio. E aos 46 minutos, em jogada de contra-ataque, Patric avançou pela direita e cruzou. A bola tocou na defesa do Cruzeiro e Nathan, de cabeça, marcou o segundo gol.

 

 

Corinthians empata com o Palmeiras no clássico Paulista

Jogando em sua arena, a equipe do Corinthians empatou com a equipe do Palmeiras no domingo à noite, pelo placar de 1 a 1. O Palmeiras começou melhor o primeiro tempo do dérbi. Mesmo em Itaquera, o Verdão comandou os primeiros minutos com mais posse de bola e velocidade. Aos oito minutos, Cássio fez boa defesa após desvio de Willian dentro da área. O Corinthians demorou a chegar ao ataque, mas, quando conseguiu, marcou. Aos 12 minutos, Sornoza bateu falta da direita e Manoel subiu mais alto que Diogo Barbosa para cabecear. A bola tocou na trave direita de Weverton e morreu no fundo do gol, inaugurando o placar para o Timão. A partir do gol o Verdão, que estava melhor em campo, se perdeu no meio de campo, com alguns jogadores atuando muito abaixo do seu potencial. No segundo tempo o Palmeiras voltou melhor e logo aos 3 minutos Deyverson cruzou da esquerda e Felipe Melo, de cabeça, empatou para o Verdão. Todo o segundo tempo foi bem movimentado, mas os goleiros conseguiram segurar o empate neste clássico paulista.

 

Bahia vence o Flamengo por 3 a 0

No domingo, o Flamengo foi até o Estádio da Fonte Nova em Salvador para enfrentar a equipe do Bahia, em jogo que terminou com a vitória do time da Boa Terra por 3 a 0. O Flamengo teve maior posse de bola no primeiro tempo, mas não soube transformar esse domínio em superioridade numérica. No contra-ataque, o Bahia conseguiu fazer os seus gols. Aos 22 minutos Gilberto recebeu lançamento e bateu rasteiro, fazendo o primeiro gol. Aos 30 minutos, Diego Alves saiu jogando errado e Gilberto marcou novamente. Aos 50 minutos, já nos acréscimos, em outro contra-ataque pela direita, Gilberto recebeu e bateu firme para fechar o placar.  No segundo tempo o Flamengo seguiu com mais posse de bola, mas com poucas finalizações e o Bahia até teve chance de ampliar.

 

 

Santos goleia o Goiás e segue líder

O líder Santos jogou no domingo pela manhã, na Vila Belmiro, contra a equipe do Goiás e venceu pelo placar de 6 a 1. Diante de sua torcida, o Peixe partiu pra cima do Goiás e logo aos 8 minutos Carlos Sánchez, de voleio, fez um belo gol, abrindo a goleada do Santos. Aos 15 minutos, Lucas Veríssimo, de cabeça, após cobrança de falta, fez o segundo gol santista. Aos 36 minutos, Gustavo Henrique pegou sobra de bola que pegou na trave e fez o terceiro. No segundo tempo, Sasha começou a goleada logo aos 6 minutos, com um toque sutil. Aos 22 minutos, de fora da área, o baixinho Soteldo fez o quinto gol do Santos. Novamente Soteldo, aos 35 minutos, depois de boa jogada de Marinho, fez o sexto gol e marcou o último gol do líder. Kayke, aos 45 minutos, fez o gol de honra da equipe goiana.

 

Corinthians vence pela Copa Sul-Americana

Na quinta-feira passada, o Timão venceu o Montevideo Wanderers por 2 a 1, com dois gols marcados pelo atacante Vagner Love, e avançou para as quartas de final da Copa Sul-Americana, quando enfrentará a equipe brasileira do Fluminense. Apesar de jogar melhor, a equipe brasileira não conseguiu marcar no primeiro tempo. No início do segundo tempo, logo aos 2 minutos, Vagner Love abriu o placar. O gol de empate do Wanderers foi marcado por Bravo aos 5 minutos.  Mas aos 17 minutos, novamente Vagner Love marcou e deu números finais ao placar no Uruguai.

 

Fluminense vence o Internacional

Abrindo a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o tricolor carioca enfrentou no sábado passado, no Maracanã, a equipe alternativa do Internacional, em partida que terminou com vitória do Fluminense por 2 a 1. O jogo começou bem disputado, e o tricolor, jogando em casa, criou boas chances como a de Pedro, aos 12 minutos, que chutou rasteiro e acertou o poste direito do gol de Marcelo Lomba. No entanto, aos 23 minutos, foi a vez do Inter chegar com Bruno Fuchs, obrigando Muriel a uma excelente defesa no ângulo esquerdo. No segundo tempo, até que o Inter começou atacando mais, mas aos poucos o fluminense tomou conta do jogo e aos 12 minutos Yony González, de cabeça, fez o primeiro gol do Tricolor. Aos 22 minutos, após boa jogada de Pedro, a zaga tentou cortar e a bola tocou nos pés de Natanael e entrou nas próprias redes do Colorado. Ainda houve tempo para, aos 46 minutos, Edenilson diminuir para o Inter, após rebote de Muriel para o meio da área.

 

Avaí é derrotado em casa pelo Botafogo

No Estádio da Ressacada, em Florianópolis, o Botafogo enfrentou o Avaí no domingo pelo Brasileirão e venceu pelo placar de 2 a 0. O time catarinense começou tentando pressionar o Botafogo, que logo equilibrou o jogo e aos 18 minutos abriu o placar com um bonito chute de Alex Santana de fora da área. Logo no início do segundo tempo, aos 4 minutos, após cobrança de falta, Marcelo Benevenuto fez o segundo gol botafoguense de cabeça. Com a derrota, o Avaí permanece na lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 5 pontos ganhos.

 

Vasco e CSA empatam pelo Brasileirão

Em jogo que foi realizado no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, no domingo à noite o Vasco jogou contra o CSA  e empatou pelo placar de 0 a 0. Os alagoanos até começaram melhor a partida, chegando mais ao gol adversário, mas logo o Vasco assumiu as rédeas da partida e dominou o meio campo. E o primeiro tempo terminou mesmo sem que houvesse abertura do placar. Aos 32 minutos do segundo tempo os refletores do estádio apagaram e a partida foi paralisada. Após 12 minutos, a partida foi reiniciada em Cariacica. Mas o jogo terminou mesmo sem que o placar fosse movimentado. Com o resultado, o Vasco se distancia da zona de rebaixamento e o CSA fica em penúltimo, com apenas 8 pontos ganhos.

 

América empata com o Paraná fora de casa

No sábado passado, o Coelho foi até a Vila Capanema, em Curitiba, para enfrentar a equipe do Paraná e conseguiu empatar o jogo sem abertura de placar. Mesmo com o empate, o Coelho segue na zona de rebaixamento, pelo menos até a partida que faria na terça-feira, contra o Londrina.

 

Foto 1 – Vinícius comemora o primeiro gol do Atlético no clássico mineiro

Foto 2 – Cruzeiro, de Marquinhos Gabriel, não vence há 10 partidas no Brasileiro

Foto 3 – Pedrinho e Diogo Barbosa disputam a bola no clássico Paulista