Destaque »

Catarina enfrenta ventos fortes, mar agitado e baixa temperatura da água na travessia do Canal da Mancha

13 de setembro de 2019 – 18:25 |

Por Maurício de Castro Rosa
O ser humano é o único animal que arrisca sua vida sem ser para comer ou se salvar de um predador. Ele arrisca a vida por adrenalina, por emoções, por desafios, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Esporte

Coluna do Alcino de Freitas

Brasil vence o Peru novamente e

é campeão da Copa América 2019

O Brasil é o novo campeão da Copa América, depois de 12 anos. Jogando contra o Peru no último domingo, a equipe brasileira venceu por 3 a 1 e levantou a taça. A partida aconteceu no Maracanã, com público de mais de 70 mil pessoas, com renda de R$ 38,769 milhões, novo recorde no país. O Brasil começou muito nervoso, errando muitos passes, não conseguindo sair da marcação avançada e ferrenha do Peru. Mas, na primeira jogada ofensiva do Brasil, aos 15 minutos, brilhou a individualidade do jogador brasileiro. Gabriel fez boa jogada pela direita, cruzou e Éverton mandou para o fundo das redes peruanas. Aos 40 minutos, em cruzamento da direita, Thiago Silva deu um carrinho e a bola tocou no seu braço. O árbitro deu pênalti e o VAR confirmou. Guerrero bateu e empatou o jogo. Ainda deu tempo, aos 47’, de Firmino roubar uma bola, tocar para Arthur que passou sob medida para Gabriel Jesus que bateu no canto direito de Gallese.

O segundo tempo começou com o Peru mais aberto, dando mais espaço para o contra-ataque brasileiro, mas também ameaçando mais a meta de Alisson. Aos 24 minutos Gabriel Jesus recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo. A partir daí o Peru foi todo ao ataque, com o Brasil só se defendendo e tentando sair em contra-ataques, que não funcionava. Até que aos 42 minutos Éverton fez boa jogada e recebeu tranco na área. O árbitro marcou pênalti, que Richarlison marcou e concretizou a vitória e o título brasileiro. O Brasil jogou e venceu com Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho (Militão); Gabriel Jesus, Firmino (Richarlison) e Éverton (Allan). Técnico: Tite. O vice-campeão Peru jogou com Gallese, Advíncula, Zambrano, Luis Abram e Trauco: Tapia (González), Yotún (Ruidias) e Cueva; Flores, Carrillo (Polo) e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca. Esta é a 9ª vez que o Brasil levanta a Taça América. É o 40º título na carreira do capitão Daniel Alves.

 

Cruzeiro vence o Atlético pela Copa do Brasil

O grande clássico mineiro, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, foi disputado ontem, quinta-feira, no Mineirão, com vitória cruzeirense por 3 a 0. O Atlético começou melhor, pressionando a saída de bola do Cruzeiro, e criando oportunidades de gol. Mas, no primeiro ataque efetivo do Cruzeiro, aos 12 minutos, Pedro Rocha recebeu, cortou um zagueiro e, de fora da área, de perna esquerda, fuzilou o ângulo esquerdo de Victor. O Galo se perdeu após o gol, mas logo voltou a atacar, tentando o empate. Só que aos 26 minutos Pedro Rocha roubou a bola no meio de campo, ganhou do zagueiro na velocidade, driblou o goleiro e tocou para Thiago Neves, livre, marcar o segundo gol cruzeirense. O segundo tempo começou como o primeiro, com o Atlético atacando e o Cruzeiro mais efetivo. Aos 9 minutos Robinho chutou, a bola pegou em Réver e voltou para ele, que tocou para o gol vazio, pois Victor havia caído na primeira bola. O Galo continuou até o fim com mais posse de bola, tentando o gol, mas esbarrando na boa marcação da equipe azul. O jogo de volta será na quarta-feira, dia 17, no Independência, às 19h15, podendo o Cruzeiro perder por uma diferença de até 2 gols.

 

Recomeça amanhã o Brasileirão

Estão de volta as emoções do Campeonato Brasileiro, interrompido para a realização da Copa América. Amanhã, sábado, teremos os seguintes jogos:

Na Arena Grêmio, Grêmio x Vasco, às 17 horas

No Castelão, Fortaleza x Avaí, às 17 horas

No Morumbi, São Paulo x Palmeiras, às 19 horas

No Estádio de Pituaçu, Bahia e Santos, às 19 horas

No domingo, o Brasileirão prossegue com as seguintes partidas:

No Maracanã, Flamengo x Goiás, às 11 horas

No Mineirão, Cruzeiro x Botafogo, às 16 horas

No Allianz Parque, Corinthians x CSA, às 16 horas

Na Arena da Baixada, Athletico x Internacional, às 16 horas

Na Arena Índio Condá, Chapecoense x Atlético, às 19 horas

Fechando a 10ª. rodada, na segunda-feira jogarão Fluminense x Ceará, no Maracanã, às 20 horas.

 

Palmeiras vence o Inter pela Copa do Brasil

Jogando no Allianz Parque, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira o Palmeiras venceu o Internacional pelo placar de 1 a 0. Aos 19 minutos, depois de sobra de bola do goleiro Marcelo Lomba, Zé Rafael marcou, de cabeça, o gol Palmeirense. Mesmo melhor organizado em campo, o Palmeiras não conseguiu ampliar no primeiro tempo. No segundo tempo o Palmeiras diminuiu o ritmo, e parece que o Inter também estava satisfeito com o placar, levando a decisão para o segundo jogo em sua casa, até porque a marcação da defesa palmeirense era muito forte para ser vencida.

 

Athletico-PR e Flamengo empatam

Na arena da Baixada, também pelas quartas de final da Copa do Brasil, Athletico e Flamengo mediram forças na quarta-feira, em partida que terminou empatada por 1 a 1. Jogando ofensivamente, o Flamengo ficou aberto a contra-ataques dos paranaenses. Aos 19 minutos, Marcos Ruben, aproveitando exatamente um contra-ataque pela esquerda, até colocou a bola na rede flamenguista, mas o árbitro marcou impedimento do atacante. Aos 34 minutos novamente a bola na rede de Marco Ruben e novo impedimento foi marcado. No início do segundo tempo, aos 5 minutos, Léo Pereira, de cabeça, abriu o placar para os paranaenses. Logo depois, o jogo ficou paralisado 7 minutos para consulta ao VAR sobre possível pênalti, não confirmado. No reinício da partida, Gabigol, por cobertura, empatou para o Mengão. O Athletico ainda teve outro gol anulado ao final.

 

Grêmio empata com o Bahia pela Copa do Brasil

Jogando na quarta-feira em sua Arena, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Grêmio empatou com a equipe do Bahia pelo placar de 1 a 1. Em casa, o Grêmio tomou a iniciativa do jogo, empurrado por sua torcida saudosa de jogos, devido à parada para a Copa América. O Bahia se defendia e tentava sair em contra-ataques, sem muita efetividade. No último minuto do primeiro tempo, Éverton Cebolinha sofreu, cobrou e converteu pênalti, abrindo o placar para a equipe gremista. O Bahia voltou melhor no segundo tempo, jogando mais ofensivamente, e logo aos 3 minutos, após cobrança de escanteio, Gilberto empatou para a equipe baiana, dando números finais ao placar.

 

Equipe dos Estados Unidos é campeã da Copa do Mundo

A grande final da Copa do Mundo de Futebol Feminino foi disputada no domingo, no Parque Olímpico Lyonnais, em Lyon,  na França, entre Estados Unidos e Holanda, e mais uma vez o título ficou com as americanas, que venceram por 2 tentos a 0. Os gols foram marcados por Megan, de pênalti, confirmado com auxílio do VAR, e Rose Lapelle, ambos no segundo tempo. Pela disputa do terceiro lugar, no sábado, no Estádio Allianz Riviera, em Nice, a Suécia venceu a Inglaterra por 2 a 1.

 

 

Argentina vence o Chile e fica em terceiro

Na disputa do 3º lugar da Copa América 2019, Argentina e Chile fizeram um bom jogo no sábado, na Arena Corinthians, com vitória da Argentina por 2 a 1. Jogando melhor, os argentinos marcaram no primeiro tempo com Aguero aos 12 minutos. Os chilenos reclamaram do gol, alegando que no início da jogada Messi bateu a falta com a bola rolando. Logo depois o artilheiro Sánchez foi substituído por contusão. Os argentinos aumentaram o placar com Dybala, aos 21 minutos. Aos 37 minutos, Medel, do Chile, e Messi, da Argentina, foram expulsos, o que gerou muita reclamação por parte dos argentinos, visto que Messi não revidou às peitadas de Medel. No segundo tempo, aos 13 minutos, cobrando pênalti, Vidal diminuiu para o Chile.