Destaque »

Bem Brasil Alimentos é nomeada uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil

12 de dezembro de 2019 – 12:53 |

A Bem Brasil Alimentos S/A, a maior indústria de batata pré-frita congelada do país foi reconhecida como umas das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, segundo o relatório elaborado pela revista VOCÊ S/A em parceria com …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Esporte

Coluna do Alcino de Freitas

Brasil vence a Argentina e disputa

a final da Copa América com o Peru

Jogando na terça-feira à noite, no Mineirão, pela semifinal da Copa América 2019, Brasil e Argentina fizeram o maior clássico sul-americano de futebol. Ao final, vitória do Brasil por 2 a 0. Como não poderia deixar de ser, o jogo começou muito nervoso e com muitos erros de passe, com a Argentina exercendo pressão alta, dificultando a saída de bola da equipe brasileira. Jogo muito pegado, com muitas faltas, mas na primeira e única boa descida do Brasil no primeiro tempo, aos 18 minutos, Daniel Alves fez ótima jogada e tocou na direita para Firmino que cruzou rasteiro; Gabriel Jesus só teve o trabalho de colocar a bola no fundo do gol de Armani, inaugurando o placar para o Brasil. Aos 29 minutos Messi sofreu e cobrou falta, Aguero cabeceou no travessão de Alisson e Thiago Silva aliviou. A Argentina voltou mais ofensiva, tentando empatar a partida, dando mais trabalho à defesa do Brasil. Alisson, que não havia trabalhado no primeiro tempo, teve de fazer algumas defesas no segundo tempo. Messi até conseguiu chutar outra bola na trave. Mas em jogada de contra-ataque, aos 25 minutos, Gabriel ganhou na velocidade, driblou três adversários e retribuiu o passe que havia recebido no primeiro gol e deixou Firmino na cara do gol para fazer o segundo gol brasileiro. A Argentina seguiu tentando até o final, mas a defesa brasileira soube se segurar. Depois do jogo, os argentinos reclamaram muito de possíveis pênaltis não marcados contra o Brasil e possível falta no segundo gol brasileiro. Com esse resultado, o Brasil fará a grande final da Copa América no próximo domingo, às 17 horas, no Maracanã, contra o Peru, que venceu o Chile por 3 a 0. No sábado, a Argentina disputa o terceiro lugar contra a equipe do Chile.

O Brasil jogou e venceu com Alisson; Daniel Alves, Marquinhos (Miranda), Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus (Allan), Firmino e Éverton (Willian). Técnico: Tite. A Argentina atuou com Armani; Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico (Dybala); Paredes, De Paul (Lo Celso) e Acuña (Di María); Messi, Aguero e Lautaro Martínez. Técnico: Lionel Scaloni.

 

Peru derrota o Chile e vai à final

Pela outra semifinal da Copa América, jogaram na Arena do Grêmio, na quarta-feira, Chile e Peru, com vitória do time peruano pelo placar de 3 tentos a 0. O jogo começou bastante ofensivo, e ambos os times criaram e perderam chances de gol. Aos 20 minutos, Flores, de perna esquerda, fuzilou o goleiro Arias, inaugurando o placar para o Peru. Aos 38 minutos, em saída de gol errada de Arias, Yotun fez o segundo da equipe Peruana. O Chile voltou mais ofensivo para o segundo tempo, tentando empatar a partida, enquanto o Peru ficou mais recuado. Aos 5 minutos, Vargas cabeceou na trave da meta peruana. Aos 14 minutos, o Peru perdeu a chance de matar o jogo, em gol incrível perdido por Yotun, em jogada de contra-ataque. A partir daí o Chile foi todo pressão, mas parou nas grandes defesas do goleiro Gallese. Guerreiro anotou o último gol do Peru aos 46 minutos. Ainda deu tempo de Gallese defender pênalti cobrado por Vargas aos 50’.

 

Uruguai perde nos pênaltis para o Peru

Ainda pelas quartas de final da Copa América, no sábado passado se enfrentaram no Estádio da Fonte Nova, em Salvador, Uruguai e Peru, com empate por 0 a 0 no tempo normal. No primeiro tempo a partida foi muito truncada, com jogadas centralizadas no meio de campo, em que os sistemas defensivos levaram a melhor sobre os atacantes. As duas equipes encontraram dificuldades na armação de jogadas e criaram poucas chances de gol. No segundo tempo, o Peru começou um pouco melhor, criando algumas chances. A partir dos 15 minutos o Uruguai tomou as rédeas da partida, chegando a balançar a rede do Peru em duas oportunidades, mas com os atacantes em impedimento, enquanto o Peru jogava em contra-ataques. Com o empate, a decisão de quem enfrentaria o Chile nas semifinais foi para os pênaltis, vencido pela equipe peruana por 5 a 4.

 

Argentina derrota a Venezuela

Venezuela e Argentina se enfrentaram sexta-feira passada no Maracanã, pelas quartas de final da Copa América, com vitória do time argentino por 2 a 0. Como todo jogo entre seleções sul-americanas, a partida foi muito pegada durante todo o tempo, com muitas faltas, cartões amarelos e reclamações. Mas a Argentina foi melhor desde o início. E aos 10 minutos Lautaro Martínez fez um gol de letra, abrindo o marcador para o time argentino. Depois do gol a Venezuela saiu mais para o jogo, mas sem ameaçar com perigo o gol adversário. O primeiro tempo ficou nisso. No início do segundo tempo a Argentina continuou ameaçando mais a defesa da Venezuela, até que aos 29 minutos Aguero chutou, o goleiro Fariñez falhou e Lo Celso, que havia acabado de entrar, definiu o placar e a classificação da Argentina para as semifinais.

 

Colômbia perde para o Chile nos pênaltis

Em outro jogo extremamente disputado e decidido com muitas intervenções do VAR, jogaram na sexta-feira da última semana, pelas quartas de final da Copa América, na Arena Corinthians, em São Paulo, a equipe até então 100% da Colômbia contra o atual campeão Chile. Ao final do tempo normal, empate por 0 a 0. A Colômbia começou em cima do Chile, criando boas chances, mas aos 15 minutos, em trapalhada do goleiro Ospina com o defensor Sánchez, Aránguiz mandou para o fundo das redes. Após consulta ao VAR, o árbitro confirmou impedimento no início da jogada. Aos 25 minutos do segundo tempo, em jogada na área, Vidal mandou para as redes e o árbitro assinalou gol do Chile. Novamente, em consulta ao VAR, o gol foi invalidado porque a bola bateu na mão do atacante chileno Maripán, antes da conclusão de Vidal. Com o empate no tempo normal, a decisão foi para os pênaltis, vencido pelo Chile por 5 a 4.

 

Cruzeiro negocia Raniel com o São Paulo

O São Paulo está próximo de contratar o centroavante Raniel, de apenas 23 anos, do Cruzeiro, e atender um dos pedidos do técnico Cuca para esta temporada. A negociação do atacante avançou bastante nesta semana. A contratação de um camisa 9 para o segundo semestre é uma das prioridades da diretoria são-paulina, antes da volta do Campeonato Brasileiro. A negociação e o acerto do atleta com o São Paulo pode sair a qualquer hora. Precisando de dinheiro, o Cruzeiro já havia vendido o zagueiro Murilo ao Lokomotiv Moscou para quitar os salários de junho, que estavam atrasados. Esse fato faz com que a transação seja bem vista pela Raposa. Raniel tem jogado pouco por opção do técnico Mano Menezes e, neste Brasileirão, atuou em apenas duas ocasiões. Desde 2017 no time do Cruzeiro, Raniel atuou em 88 partidas e marcou dezesseis gols.

 

Estados Unidos e Holanda fazem a final feminina

No primeiro jogo das semifinais da Copa do Mundo de Futebol Feminino, na terça-feira à tarde se enfrentaram as seleções da Inglaterra contra os Estados Unidos, com vitória das americanas por 2 tentos a 1. O jogo aconteceu no Parc Olympique Lyonnais, na França, local onde acontecerá também a grande final no domingo. Os gols dos Estados Unidos foram marcados por Christen Press  e Alex Morgan, enquanto que o gol da Inglaterra foi anotado por Ellen White. Quase ao final, a Inglaterra teve um pênalti a seu favor, mas a capitã Houghton bateu mal e Naeher defendeu. Na outra semifinal, disputada na quarta-feira, a Holanda venceu a Suécia por 1 a 0, com gol de Groenen na prorrogação. Assim, a final de domingo da Copa do Mundo de Futebol Feminino será disputada entre Estados Unidos e Holanda.

 

Guarani vence o Palmeiras em amistoso

Jogando amistosamente na quarta-feira, no Estádio Brinco de Ouro, o Guarani de Campinas, que disputa a série B do Campeonato Brasileiro, venceu o time do Palmeiras pelo placar de 2 tentos a 1. Aos 9 minutos, Edu Dracena, de cabeça, abriu o placar para o time palmeirense. Aos 16 minutos Vitor Feijão bateu pênalti e Weverton defendeu. O segundo tempo começou com muitas substituições. Diego Cardoso, aos 15 minutos, de pênalti, empatou para o Bugre. Aos 39 minutos Bady fez o gol da vitória do Guarani.

 

Corinthians perde para o Botafogo-RP em amistoso

Em amistoso realizado sábado à noite, em Ribeirão Preto, o Corinthians perdeu para o Botafogo daquela cidade pelo placar de 2 a 1. A partida marcou a reinauguração do Estádio Santa Cruz, que ganhou 12 mil novos lugares e 3 mil lugares nos camarotes. O Botafogo faz boa campanha na Série B do Brasileiro e ocupa a vice-liderança, atrás apenas do Bragantino, time comprado pela Red Bull. O primeiro tempo foi sem muita movimentação, com as equipes voltando de uma intertemporada e ficou sem abertura de contagem. No segundo tempo ambas as equipes colocaram em campo o time reserva. Aos 11 minutos, Naylhor, de cabeça, fez o gol do Botafogo. Aos 22 minutos, também de cabeça, Boselli empatou para o Timão. No último minuto, Erick Luiz fez o gol da vitória.

 

Foto 1 – Equipe do Brasil está na grande final da Copa América

Foto 2 – Jogadores do Brasil comemoram gol contra a Argentina

Foto 3 – Raniel está sendo negociado com o São Paulo