Destaque »

Zema faz acordo na ALMG e garante 13º salário dos servidores

14 de novembro de 2019 – 16:55 |

Após três anos de atrasos e parcelamentos no 13º salário, os servidores públicos de Minas Gerais devem finalmente receber o pagamento em dia neste ano. O compromisso é do líder do governo na Assembleia Legislativa …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Esporte

Coluna do Alcino de Freitas

Brasil vence a Bolívia na

estreia da Copa América

Na sexta-feira passada, pela abertura da Copa América 2019, jogaram no Estádio do Morumbi Brasil e Bolívia. Ao final, vitória da equipe brasileira pelo placar de 3 a 0. O Brasil, oito vezes campeão do torneio, levantou a última taça em 2007. A Bolívia, por sua vez, foi campeã em 1963. Com uniforme branco, o Brasil jogou e venceu com Alisson; Dani Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luis; Casemiro, Fernandinho e Philippe Coutinho; Richarlison (Willian), Firmino (Gabriel Jesus) e David Neres (Éverton).

Em campo, o Brasil começou pressionando a equipe boliviana, com passes rápidos e chutes de meia distância. A primeira oportunidade do Brasil veio aos 10 minutos em cobrança de escanteio, que Thiago Silva, sozinho, cabeceou para fora. O primeiro chute da Bolívia aconteceu aos 24 minutos; Marcelo Moreno, ex-cruzeiro, bateu fraco e para fora da meta de Alisson. Aos 30 minutos, em saída errada de bola, Richarlison tentou por cobertura, mas a zaga tirou de cabeça. Apesar do domínio completo do jogo, o Brasil não conseguiu marcar no primeiro tempo e saiu vaiado de campo.

Aos 2 minutos do segundo tempo o VAR acusou pênalti para o Brasil, que o árbitro confirmou. Philippe Coutinho bateu, aos 4 minutos, e fez o primeiro gol da Copa América. Aos 7 minutos Firmino cruzou da direita e novamente Philippe Coutinho, de cabeça, anotou para o Brasil. Após os gols, a Bolívia até tentou reagir, mas não conseguiu ameaçar a meta de Alisson. E ainda deu tempo de Éverton fazer jogada individual pela esquerda e soltar a bomba para fechar o placar.

Outros resultados da primeira rodada da Copa América: na Arena Grêmio, Venezuela 0 x 0 Peru; na Fonte Nova, em Salvador, Argentina 0 x 2 Colômbia, gols de Martínez e Zapata; no Maracanã, Paraguai 2 x 2 Qatar, com gols de Oscar Cardozo e Derlis González para o Paraguai e Abdulla e Khoukhi para o Qatar; no Mineirão, Uruguai 4 x 0 Equador, com gols de Lodeiro, Cavani, Suarez e Mina (contra); e no Morumbi, Japão    0 x 4 Chile, gols de Pulgar, Alexis Sánchez e Vargas (2).

 

Brasil empata com a Venezuela pela Copa América

No Estádio da Fonte Nova, em Salvador, na terça-feira, se enfrentaram as seleções do Brasil e da Venezuela, pela segunda rodada do Grupo C da Copa América, jogo que terminou sem abertura de contagem. Assim, o Brasil adiou sua classificação para as quartas de final que começam no dia 27 de junho. O Brasil começou partindo pra cima e seguiu pressionando a equipe venezuelana durante todo o primeiro tempo. Mas esbarrava na boa marcação da Venezuela e na falta de criatividade dos atacantes brasileiros. Trocando muitos passes, com mais de 70% de posse de bola, o Brasil se limitava a levantar a bola para a área, sem finalização. E a Venezuela ainda tentava surpreender a equipe brasileira em rápidos contra-ataques, levando perigo em algumas oportunidades ao gol de Alisson. Aos 38 minutos Firmino chegou a marcar, mas o árbitro deu falta dele no defensor venezuelano. No segundo tempo o Brasil continuou pressionando, e aos 14 minutos Gabriel Jesus mandou a bola para a rede, mas após consulta ao VAR o árbitro deu impedimento de Firmino na jogada. Aos 41 minutos, após jogada individual de Éverton, Philippe Coutinho pegou sobra do goleiro e mandou a bola para as redes, mas novamente o VAR acusou impedimento de Firmino. E a seleção saiu de campo novamente sob vaias. O Brasil jogou com Alisson; Dani Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luis; Casemiro (Fernandinho), Arthur e Philippe Coutinho; Richarlison (Gabriel Jesus), Firmino e David Neres (Éverton). No Maracanã, na outra partida realizada pela segunda rodada do Grupo A, Bolívia 1 x 3 Peru.

 

Atlético e São Paulo empatam

Jogando no Independência, quinta-feira passada, o Atlético empatou com o São Paulo por 1 a 1, em um jogo em que o Atlético foi melhor no primeiro tempo e o São Paulo melhor no segundo. Este empate deixa o Atlético fora do G4 do Campeonato Brasileiro, ocupando agora a quinta posição na tabela. Aos 43 minutos, Alerrandro recebeu passe na frente da zaga, a bola desviou em Reinaldo e o atacante chutou para o fundo da rede. O assistente levantou a bandeira e o VAR foi acionado. Somente depois de 5 minutos o gol foi confirmado. No segundo tempo, aos 28 minutos, Nenê fez boa jogada pela esquerda, esperou a passagem de Pato e acionou o atacante, que dominou tirando o zagueiro e chutou forte, sem chances para Victor, empatando a partida.

 

Palmeiras derrota o Avaí

No Allianz Parque, na quinta-feira, complementando a nona rodada do Brasileirão, o Palmeiras venceu o Avaí por 2 a 0. Aos 34 minutos, Marcos Rocha lançou Deyverson, que chegou antes do goleiro Vladimir e com um toquinho por cima do goleiro do Avaí abriu o placar para o Palmeiras, após confirmação do árbitro de vídeo. Aos 20 minutos do segundo tempo Bruno Henrique, de fora da área, fez o segundo gol palmeirense. Assim, o Palmeiras termina esta primeira parte do Brasileirão como líder, mesmo com um jogo a menos.

 

Vasco vence o Ceará em São Januário

Em jogo válido pela nona rodada do Brasileirão, em São Januário, o Vasco venceu o Ceará por 1 a 0 e melhorou sua classificação no campeonato, que ficará paralisado até o final da Copa América. Aos 35 minutos do segundo tempo Danilo Barcelos pegou rebote de bola na trave e fez o único gol da partida, após confirmação demorada do VAR. Com a vitória, o Vasco subiu para o 16º lugar e colocou o Cruzeiro na zona de rebaixamento.

 

Chapecoense e Fluminense empatam

Na Arena Condá, quinta-feira passada, a Chapecoense pegou o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro em jogo que terminou empatado por 1 a 1. Aos 6 minutos do primeiro tempo Everaldo fez o gol da Chape, de cabeça, sem defesa para Agenor. Aos 15 minutos do segundo tempo Paulo Henrique Ganso bateu forte e empatou para o Fluminense. Com o resultado, a Chape encerra esta fase na zona de degola.

 

Cruzeiro e Atlético fazem uma das

quartas de final da Copa do Brasil

Conforme sorteio realizado segunda-feira da semana passada na CBF, Cruzeiro e Atlético farão uma das disputas das quartas de final da Copa do Brasil, sendo que o primeiro jogo deverá ser realizado, provavelmente, no dia 7 de julho, depois da Copa América, no Mineirão. O jogo de volta deverá acontecer no Estádio Independência, no dia 17 de julho. Os demais jogos sorteados são: Athletico-PR x Flamengo, Internacional x Palmeiras e Bahia x Grêmio. O vencedor do clássico mineiro enfrentará o vencedor de Internacional x Palmeiras. O vencedor de Athletico-PR x Flamengo enfrentará, nas semifinais, o vencedor de Bahia x Grêmio.

 

Seleção Brasileira Feminina se classifica na Copa do Mundo

Depois de vencer a Jamaica por 3 a 0, com 3 gols de Cristiane, perder para a Austrália por 3 a 2, com gols brasileiros de Marta e Cristiane, a Seleção Brasileira Feminina venceu a Seleção da Itália na terça-feira por 1 a 0, com gol de pênalti de Marta e se classificou em 3º lugar no seu grupo para as oitavas de final que começam no sábado. Nosso adversário será a equipe da França ou da Alemanha.

 

Foto 1 – Cerimônia de abertura da Copa América, no Morumbi

Foto 2 – Philippe Coutinho comemora gol contra a Bolívia

Foto 3 – Seleção Brasileira Feminina se classifica na Copa do Mundo

Foto 4 –  Brasil, de Arthur, empata com a Venezuela na Fonte Nova