Destaque »

Catarina enfrenta ventos fortes, mar agitado e baixa temperatura da água na travessia do Canal da Mancha

13 de setembro de 2019 – 18:25 |

Por Maurício de Castro Rosa
O ser humano é o único animal que arrisca sua vida sem ser para comer ou se salvar de um predador. Ele arrisca a vida por adrenalina, por emoções, por desafios, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Diversos

Sempre Um Papo recebeu juristas para falar de adoção em Araxá

O Sempre Um Papo e a CBMM participaram da Semana Municipal de Incentivo à Adoção de Crianças e Adolescentes de Araxá, promovendo o debate “Interfaces da Adoção: Aspectos Jurídicos e Psicoeducativos”, com a participação dos juristas Dra. Lídia Weber (Curitiba) e Dr. Cláudio Medeiros (Natal), referências no tema no Brasil. O evento aconteceu na última terça-feira,  no auditório da Acia (Associação Comercial), com entrada gratuita.  A relevância do tema foi o motivo para a discussão. Nos últimos dez anos a adoção no sistema nacional passou por profundas transformações, no que diz respeito à orientação e fiscalização das instituições de acolhimento, à legislação que regulamenta e garante os direitos de crianças e adolescentes sob medida protetiva, à participação das equipes técnicas das Varas de Infância e Juventude, bem como à implementação de estratégias para preparação de postulantes para inserção segura de crianças e adolescentes em famílias substitutas. Nesse cenário, o Movimento Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção vem desempenhando um papel fundamental, proporcionando reflexões, debates e projetos envolvendo três importantes campos de estudo: o direito, a psicologia e a pedagogia. Surge, então, novidades jurídicas que necessitam do suporte psicológico e pedagógico e representam as interfaces da adoção, um tema atual onde se exploram diversos conceitos na tentativa primeira de garantir a toda criança e adolescente o direito fundamental de ter uma família. Instituída no calendário Oficial do Município de Araxá a partir da Lei n. 7.214 de 19 de outubro de 2017 por iniciativa do vereador Raphael Rios de Oliveira. Planejada e organizada pelo Aquecendo Vidas – Grupo de Apoio à Adoção e à Convivência Familiar e Comunitária de Araxá – associação civil sem fins lucrativos, devidamente registrada.