Destaque »

Serviço de endoscopia e colonoscopia da Santa Casa completa um ano e atividade

17 de setembro de 2019 – 11:42 |

Administrar hospital filantrópico, sem fins lucrativos, conveniado ao Sistema Único de Saúde não é tarefa para qualquer um. Enquanto em alguns momentos faltam recursos até mesmo para compra de materiais e medicamentos, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Diversos

Alunos do UNIARAXÁ participam de Competição Automobilística

Há pouco mais de seis meses, Alunos dos Cursos de Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção do Centro Universitário do Planalto de Araxá (UNIARAXÁ) estão trabalhando em um veículo automobilístico off road –fora de estrada –;a fim de participarem da Competição Baja SAE BRASIL, cuja seletiva regional acontece em fevereiro de 2020, em São Paulo/SP. Orientados pelo Professor Marco Puccinellie com o apoio do Professor Pablo Lopes, Coordenador do Curso de Engenharia de Produção, vinte alunos compõem a Equipe. Eles devem elaborar o Projeto e construir um veículo que seja resistente a impactos e que ultrapasse obstáculos, como lama, aclives e declives.  De acordo com o Professor Pablo, o protótipo do chassi já está pronto, em escala real; e, feito em PVC (policloreto de polivilina). Na fase atual, os alunos estão divididos em várias equipes para que possam trabalhar, em partes individuais do veículo;e, depois, voltarão a se unir, para a construção do veículo em si.  Embora tenha sido criada em 1976, na Universidade da Carolina do Sul, Estados Unidos, e, trazida para o Brasil em 1994, é a primeira vez que o UNIARAXÁ participa daCompetição. A iniciativa partiu dos estudantes; e, mais que lutar pelo prêmio, eles buscam a experiência que o Projeto pode oferecer.  O aluno do 2º período do Curso de Engenharia Mecânica, Matheus Celestino Fagundes (20), é o Capitão da Equipe. É ele quem gerencia os trabalhos e participa de todas as decisões tomadas, em relação à construção do veículo. Matheus acredita que, além da oportunidade de colocar os aprendizados em prática, a Competição os coloca em evidência, pois “os olhares de várias empresas estão direcionados ao Campeonato”.  Para o Professor Pablo, ter essa experiência no currículo é um diferencial competitivo no mercado de trabalho.“Se eles arrumarem um emprego na área, eles vão ser direcionados; então, eles só vão fazer a parte de cálculo estrutural; ou, eles só vão fazer projeto; ou, vão fazer a execução.O Projeto Baja possibilita que eles vejam tudo”, conta. Sobre isso, Matheus acrescenta que os aprendizados que o Projeto lhes oportuniza são agregadores, até mesmo, em áreas da Engenharia, fora do ramo automobilístico. No entanto, e, acima de tudo, ele destaca o trabalho em equipe e a experiência de lidar com diferentes pessoas, unidas pelo mesmo objetivo. É possível que as equipes inscritas participem, apenas, de algumas etapas; caso seja a vontade de cada um; ou, por algum imprevisto técnico.Porém, a expectativa é que dê tudo certo para a equipe do UNIARAXÁ. Ainda de acordo com o Professor Pablo, as cinco equipes mais bem pontuadas na seletiva regional, em fevereiro próximo, serão qualificadas para a Competição Nacional; e,a vencedora ganha o direito de disputar a Internacional, nos Estados Unidos.